Exportar registro bibliográfico

A relação da projeção do terço inferior da face com a região da glabela (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: LINHARES, DANIELE SIGAL - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODO
  • Subjects: ORTODONTIA; DIAGNÓSTICO; LEUCOEDEMA BUCAL
  • Keywords: Diagnosis; Diagnóstico; Forehead; Fronte; Orthodontics; Ortodontia
  • Language: Português
  • Abstract: O terço inferior da face exerce uma forte influência na estética dos indivíduos, e sabendo-se da importância do seu equilíbrio, e da contribuição do ortodontista quanto ao diagnóstico do perfil facial, o presente estudo teve por finalidades testar um método de correlação entre uma medida linear localizada a partir da região da glabela com medidas lineares anteroposteriores no terço inferior da face (Triviño, 2012), e verificar a previsibilidade de proporções anteroposteriores no terço inferior da face, a partir de uma linha de referência passando por um ponto na região da glabela. Desenhos anatômicos foram realizados através de telerradiografias em norma lateral de 120 indivíduos com harmonia facial, leucodermas e relação molar de classe I, com o intuito de estabelecer parâmetros cefalométricos para correlacionar referências anteroposteriores do terço inferior da face a partir das linhas Sv-PRT e PRTv, obtidas através do ponto PRT. A aplicabilidade do método foi realizada em um grupo de 24 indivíduos com perfil desagradável, em que considerou insatisfatória a aplicação das fórmulas de previsibilidade utilizando a linha Sv-PRT, como uma referência para determinar as proporções anteroposteriores do terço inferior da face em alguns pacientes. O método que considerou a linha PRTv como referência, através dos métodos estatísticos de correlação de Pearson e regressão linear múltipla, apresentou resultados estatisticamente significativos para todos os valores de referência nosindivíduos do gênero feminino e nos indivíduos do gênero masculino (PRTv-Ls, PRTv-Li e PRT-Pg\'). Foi utilizado o Teste t-Student para verificar que as medidas não foram estatisticamente significativas de acordo com o gênero. Os resultados deste estudo mostraram ser coerente considerar a região da glabela como uma referência de avaliação e diagnóstico para as proporções anteroposteriores do terço inferior da face
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.03.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LINHARES, Daniele Sigal; RINO NETO, José. A relação da projeção do terço inferior da face com a região da glabela. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23151/tde-03072017-154552/ >.
    • APA

      Linhares, D. S., & Rino Neto, J. (2017). A relação da projeção do terço inferior da face com a região da glabela. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23151/tde-03072017-154552/
    • NLM

      Linhares DS, Rino Neto J. A relação da projeção do terço inferior da face com a região da glabela [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23151/tde-03072017-154552/
    • Vancouver

      Linhares DS, Rino Neto J. A relação da projeção do terço inferior da face com a região da glabela [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23151/tde-03072017-154552/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021