Exportar registro bibliográfico

Diferenças no desempenho econômico dos países durante e após a crise financeira de 2008-2009 fortalecem Bretton Woods 2? (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DELELLA, JOSé MAURO CARDOSO - IRI
  • Unidades: IRI
  • Subjects: DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO; ECONOMIA POLÍTICA; CRISE FINANCEIRA; CÂMBIO (ECONOMIA); SISTEMA FINANCEIRO
  • Keywords: Bretton Woods 2; Bretton Woods 2; Câmbio; China; China; Crise Financeira; Currency; Financial Crisis; International Financial System; International Reserves; Reservas Internacionais; Sistema Financeiro Internacional
  • Language: Português
  • Abstract: O sistema de Bretton Woods 2 propõe a existência, nos dias atuais, de uma dinâmica semelhante à vigente até 1971, na qual os EUA continuam como economia central e os países asiáticos passam a ocupar o papel de nova periferia, com estratégias de desenvolvimento baseadas na competitividade de seu setor exportador de modo a construir um estoque doméstico de capital capaz de competir nos mercados internacionais. O debate sobre esse sistema ganhou relevância durante a década de 2000, associado às discussões sobre os desequilíbrios globais, e se intensificou com a crise de 2008-09. As previsões feitas pelos críticos do arranjo de Bretton Woods 2, que anteviam um movimento de fuga dos ativos denominados em dólar e a desvalorização da moeda norte-americana, não se confirmaram. Ao contrário, nos momentos de maior aversão a risco, a demanda por títulos do Tesouro dos EUA cresceu significativamente. O desempenho econômico dos países alinhados ao sistema também foi aparentemente melhor do que a média global durante a crise, com menor desaceleração e retomada mais rápida, sendo a China frequentemente destacada como exemplo de sucesso econômico no período. Este estudo tem como proposta avaliar em que medida o desempenho econômico dos países alinhados ao sistema de Bretton Woods 2 realmente diferiu daquele dos não alinhados, durante e logo após a crise. Conjuntamente, o estudo investiga se o desempenho na crise teria servido como incentivo a outros países para um alinhamento ao modelo e (Continua)(Continuação) conclui que, embora tenha havido ações pontuais nesse sentido, as políticas que caracterizariam uma adesão mais evidente ao sistema de Bretton Woods 2 são ações de difícil compatibilização em países democráticos, com contas de capital relativamente abertas e objetivos conflitantes de política econômica, particularmente em momentos de crise
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.01.12
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DELELLA, José Mauro Cardoso; LINS, Maria Antonieta Del Tedesco. Diferenças no desempenho econômico dos países durante e após a crise financeira de 2008-2009 fortalecem Bretton Woods 2?. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/101/101131/tde-17072013-122025/ >.
    • APA

      Delella, J. M. C., & Lins, M. A. D. T. (2012). Diferenças no desempenho econômico dos países durante e após a crise financeira de 2008-2009 fortalecem Bretton Woods 2?. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/101/101131/tde-17072013-122025/
    • NLM

      Delella JMC, Lins MADT. Diferenças no desempenho econômico dos países durante e após a crise financeira de 2008-2009 fortalecem Bretton Woods 2? [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/101/101131/tde-17072013-122025/
    • Vancouver

      Delella JMC, Lins MADT. Diferenças no desempenho econômico dos países durante e após a crise financeira de 2008-2009 fortalecem Bretton Woods 2? [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/101/101131/tde-17072013-122025/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020