Exportar registro bibliográfico

Aspectos ecológicos de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) no Parque Estadual do Jaraguá na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Brasil (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUZA, FILIPE JONAS MATTOS SOARES DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • Subjects: LEISHMANIOSE CUTÂNEA; VETORES; ECOLOGIA DE VETORES; INSETOS VETORES; CIDADES; IMPACTOS AMBIENTAIS; RESERVATÓRIOS DE DOENÇAS; RODOVIAS; COLETA DE DADOS
  • Keywords: Cidade de São Paulo; Flebotomíneos; Jaraguá Park; Leishmaniasis; Leishmanioses; Parque do Jaraguá; Phlebotominae; Sao Paulo City; Vectors; Vetores
  • Language: Português
  • Abstract: As leishmanioses americanas são zoonoses em que o homem é um hospedeiro acidental, nas quais várias espécies de Leishmania, de vetores e reservatórios (silvestres, sinantrópicos ou domésticos) estão envolvidas. Com a destruição da cobertura vegetal, várias regiões do Brasil vêm registrando mudanças no seu quadro epidemiológico, frequentemente envolvendo transmissão peridomiciliar tanto na leishmaniose visceral americana (LVA), tendo como agente etiológico a Leishmania (L.) infantum chagasi, como a leishmaniose tegumentar americana (LTA), com várias espécies de Leishmania atuando como agentes. No município de São Paulo casos autóctones de LTA têm sido registrados nas proximidades da Serra Cantareira onde vetores estão presentes, assim como em vários parques públicos. A LVA tem como principal vetor a Lutzomyia longipalpis e o cão doméstico, o principal reservatório e sua ocorrência vem se expandindo através do território brasileiro. O Parque Estadual do Jaraguá está localizado no município de São Paulo em área de confluência de rodovias que percorrem a área de expansão da LVA ou recebem fluxo de veículos destas rodovias. Tendo-se presente o panorama acima, este estudo investigou a fauna flebotomínea no Parque Jaraguá, quanto à diversidade e abundância das espécies, considerando ambientes impactados em maior ou menor grau, assim como a presença de infecção natural pela Leishmania em flebotomíneos, e para a espécie mais abundante, sua distribuição mensal e ritmo horário noturno.As capturas ocorreram de Setembro de 2015 a Dezembro de 2016, utilizando armadilhas do tipo CDC instaladas em oito pontos, e Shannon nas cores branca e preta instaladas na mata em peridomicílio. Fêmeas coletadas nas armadilhas de Shannon e de um dos pontos amostrados com CDC foram dissecadas e submetidas a um PCR para a busca de infecção natural por Leishmania spp. Foram capturados um total de 673 espécimes divididos em 9 gêneros e 15 espécies. Pi. fischeri foi a espécie mais abundante nos diversos pontos de coletas e a única capturada nas armadilhas de Shannon. Destaca-se a coleta de uma fêmea semelhante à de Lu. longipalpis. A armadilha branca possui picos das 19 20h e 00 01h, ao passo que na preta, os picos ocorrerem das 22 23h e das 01 02. Na armadilha branca, a atividade se estendeu durante a noite toda e início da manhã, na preta apenas até no horário das 02-03hr. Nas armadilhas CDC, a média de espécimes de Pi. fischeri por armadilha foi mais elevada no inverno, mas a análise Pearson e de Spearmam não mostrou correlação significante em relação à chuva mensal e temperaturas mínima e máxima no dia da coleta. A investigação da infecção natural obteve resultados negativos para Leishmania spp. Apesar desse resultado, a dominância de Pi. fischeri, espécie antropofílica e suspeita de atuar na transmissão de agente de leishmaniose tegumentar e visceral, assim como a sua presença em mata e peridomicílio, com atividade noturna coincidente com a da população, identifica-sepossibilidades e circunstâncias de risco de transmissão leishmanioses na área. A presença de uma fêmea semelhante à de Lu. longipalpis, indica a necessidade de mais estudos para confirmação da espécie e avaliação de risco de instalação da LVA nessa área do município.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.04.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Filipe Jonas Mattos Soares de; GALATI, Eunice Aparecida Bianchi. Aspectos ecológicos de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) no Parque Estadual do Jaraguá na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Brasil. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-18052017-101439/ >.
    • APA

      Souza, F. J. M. S. de, & Galati, E. A. B. (2017). Aspectos ecológicos de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) no Parque Estadual do Jaraguá na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-18052017-101439/
    • NLM

      Souza FJMS de, Galati EAB. Aspectos ecológicos de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) no Parque Estadual do Jaraguá na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Brasil [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-18052017-101439/
    • Vancouver

      Souza FJMS de, Galati EAB. Aspectos ecológicos de flebotomíneos (Diptera: Psychodidae) no Parque Estadual do Jaraguá na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Brasil [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-18052017-101439/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021