Exportar registro bibliográfico

Relação entre as atividades inovativas internas e externas no desempenho em inovação das empresas do setor industrial brasileiro: constatações baseadas em uma década de PINTEC/IBGE (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: MOURAD, CAMILA BENATTI - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAD
  • Assunto: INOVAÇÃO
  • Keywords: Absorção de conhecimento; Absorption of Knowledge; Innovation; Inovação aberta; Open Innovation; Pesquisa e desenvolvimento; PINTEC; Research and Development
  • Language: Português
  • Abstract: A inovação no Brasil é caracterizada por investimentos voltados para a aquisição de tecnologia. Tal aspecto motivou a proposição central da tese de que o desempenho em inovação é influenciado pelo balanceamento entre as atividades inovativas internas e externas. Ao mesmo tempo que o papel da inovação aberta tem se fortalecido nas organizações, diversos estudos apontam que a mera exposição ao conhecimento externo não é suficiente para gerar inovações, especialmente aquelas com maior nível de originalidade, se a empresa não tiver competências internas para absorver, assimilar, transformar e explorar esse conhecimento. Ainda assim, é possível constatar que estudos que tratam da complementaridade dos inputs de inovação no desempenho inovativo de países em desenvolvimento são pouco comuns. Assim, o presente estudo buscou preencher essa lacuna, identificando e discutindo a importância do desenvolvimento de atividades inovativas internas e da aquisição de conhecimento externo para o desempenho em inovação das empresas brasileiras, com recorte para o setor industrial. Para tanto, foram estruturados dois ensaios empíricos que utilizaram a base de dados da Pesquisa de Inovação (PINTEC) do IBGE, das edições de 2000 a 2011. No primeiro, estimamos modelos de regressão para avaliar o impacto de cada atividade inovativa sobre o resultado da inovação, conforme seu grau de inovatividade. No segundo, estimamos modelos de regressão não linear para verificar como se comporta a relação entre P&Dexterno e desempenho em inovação, além de modelos que verificam se essa relação é influenciada pela capacidade de P&D. Os resultados obtidos nos permitem concluir que a capacidade de P&D e a aquisição de máquinas e equipamentos são relevantes tanto para a inovação de produtos novos para o mercado quanto para a inovação voltada apenas para a própria empresa. Além disso, a aquisição de P&D externo é relevante unicamente para a inovação voltada para o mercado, ressaltando a importância da inovação aberta. Contudo, o aumento do investimento em P&D externo eleva o desempenho em inovação somente até um certo ponto. Após esse ponto, os retornos sobre o investimento nessa atividade decrescem. Ademais, a interação entre capacidade de P&D e o P&D externo é significante, revelando que a primeira tem influência na relação da segunda com o desempenho em inovação. Dessa forma, conclui-se que para melhorar seu desempenho inovativo, as empresas em países em desenvolvimento devem se abrir para conhecimentos externos de maneira combinada com investimentos em capacidade de P&D
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOURAD, Camila Benatti; FELDMANN, Paulo Roberto. Relação entre as atividades inovativas internas e externas no desempenho em inovação das empresas do setor industrial brasileiro: constatações baseadas em uma década de PINTEC/IBGE. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-29062017-142440/ >.
    • APA

      Mourad, C. B., & Feldmann, P. R. (2017). Relação entre as atividades inovativas internas e externas no desempenho em inovação das empresas do setor industrial brasileiro: constatações baseadas em uma década de PINTEC/IBGE. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-29062017-142440/
    • NLM

      Mourad CB, Feldmann PR. Relação entre as atividades inovativas internas e externas no desempenho em inovação das empresas do setor industrial brasileiro: constatações baseadas em uma década de PINTEC/IBGE [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-29062017-142440/
    • Vancouver

      Mourad CB, Feldmann PR. Relação entre as atividades inovativas internas e externas no desempenho em inovação das empresas do setor industrial brasileiro: constatações baseadas em uma década de PINTEC/IBGE [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-29062017-142440/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021