Exportar registro bibliográfico

Reparo ósseo em mandíbula de coelho após osteotomia vertical: análise histomorfométrica e tomográfica (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: HORIKAWA, FERNANDO KENDI - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODE
  • Subjects: CIRURGIA ORTOGNÁTICA; OSTEOTOMIA; MANDÍBULA; REPARO ÓSSEO; CORTICAL
  • Keywords: Cirurgia ortognática; Cortical-cortical bone repair; Intra oral vertical osteotomy; Orthognathic surgery; Osteotomia vertical de mandíbula; Reparação óssea cortical-cortical
  • Language: Português
  • Abstract: As osteotomias mandibulares são procedimentos consagrados para o tratamento de prognatismo e para outros reposicionamentos cirúrgicos mandibulares. As técnicas mais utilizadas são: a osteotomia sagital de mandíbula (OSM) e a osteotomia vertical de ramo mandibular (OVRM), cada técnica tem suas indicações e limitações. A OVRM é considerada efetiva devido ao sucesso clínico e análise imaginológica, entretanto não existem estudos que descrevam seu processo de reparação óssea, pois nesta técnica o osso mandibular fica sobreposto num contato cortical sobre cortical. O objetivo deste trabalho foi avaliar a reparação óssea cortical-cortical da técnica de osteomia vertical de ramo mandibular em mandíbulas de coelho. Após aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa em Animais da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo (Protocolo: 014/2014) foram utilizados 12 animais, divididos em quatro grupos de três. Os animais foram submetidos a osteotomia em -L? invertido no ângulo mandibular bilateralmente, este fragmento ósseo obtido foi deslizado anteriormente e fixado com parafuso sobre a basal mandibular anterior, num dos lados de um animal de cada grupo foi realizada somente a osteotomia, sendo este utilizado como controle cirúrgico; um dos grupos foi submetido a processo de infiltração de marcadores fluorcromáticos. Os animais foram divididos em G1 (eutanasiados em 15 dias), G2 (eutanasiados em 30 dias), G3 (eutanasiados em 45 dias) e G4 (protocolo de marcadores fluorocromáticose eutanasiados com 56 dias). Após a realização dos procedimentos cirúrgicos, os animais foram mantidos em biotério padrão, nos tempos determinados foram eutanasiados, as mandíbulas foram dissecadas, tomografadas em tomógrafo de feixe cônico e analisadas sob microscopia de fluorescência. Na análise tomográfica observou-se que existe correlação entre os valores de densidades nas áreas operadas e na região do controle, e que há correlação significativa entre as áreas de sobreposição óssea e onde foi realizado somente a osteotomia (controle cirúrgico). Com relação a análise de microscopia de fluorescência, observa-se que as proporções do marcador alizarina são superiores a calceína no osso neoformado, tanto na área operada, quanto na região onde foi feita somente a osteotomia (controle cirúrgico). Concluímos que houve consolidação óssea quando da sobreposição cortical-cortical, e que os valores de densidades tomográficas quando da sobreposição óssea ou não, são similares, e que há maior formação óssea no primeiro mês no processo de reparação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.03.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HORIKAWA, Fernando Kendi; LEMOS JÚNIOR, Celso Augusto. Reparo ósseo em mandíbula de coelho após osteotomia vertical: análise histomorfométrica e tomográfica. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-10062017-110703/ >.
    • APA

      Horikawa, F. K., & Lemos Júnior, C. A. (2017). Reparo ósseo em mandíbula de coelho após osteotomia vertical: análise histomorfométrica e tomográfica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-10062017-110703/
    • NLM

      Horikawa FK, Lemos Júnior CA. Reparo ósseo em mandíbula de coelho após osteotomia vertical: análise histomorfométrica e tomográfica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-10062017-110703/
    • Vancouver

      Horikawa FK, Lemos Júnior CA. Reparo ósseo em mandíbula de coelho após osteotomia vertical: análise histomorfométrica e tomográfica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-10062017-110703/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021