Exportar registro bibliográfico

O discurso da Performance Art: estudo semiótico dos regimes de manifestação da arte performática (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated author: SIVIERO, MARIA VITÓRIA LAURINDO - FFLCH
  • School: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLL
  • Subjects: ARTE PERFORMÁTICA; SEMIÓTICA; PERFORMANCE; AVANT-GARDE
  • Keywords: Arte experimental; Experimental art
  • Language: Português
  • Abstract: A performance surgiu inicialmente como um meio no qual os vanguardistas testavam as suas ideias e passou a ser aceita como uma manifestação artística independente por volta da década de setenta. Trata-se de uma arte híbrida que mistura elementos de outras linguagens, como a poesia a música, a dança, o tetro e o cinema. Tornou-se conhecida por chocar suas plateias com apresentações espontâneas e transgressoras, colocando em cheque a concepção de arte. Assim como as demais linguagens artísticas, a performance estabelece um modo específico de atuação, o que não torna impossível analisá-la por meio da particularização de seus aspectos. A semiótica estuda os fenômenos culturais como sistemas de signos, e torna-se assim, uma ferramenta que pode fornecer a base para estes estudos, uma vez que relativiza as camadas do significado e permite que se observe os diversos níveis de articulação do sentido em diferentes atos comunicativos. Assim, através da semiótica greimasiana, cujo conceito de signo é estruturado por significante e significado, esta pesquisa pretende verificar possíveis coerções de gênero próprias à arte performática, e por meio delas, podem ser desenvolvidas novas reflexões sobre os contornos deste gênero, aparentemente espontâneo e livre. Provando falsas as aparentes diferenças irreconciliáveis que se apresentam no confronto de obras pertencentes ao gênero. Este trabalho pretende propor um modelo de organização para análise de manifestações performáticas, através doqual se pode verificar a relação entre a ação performática e o espaço onde ela é realizada. Portanto, o objetivo central desse estudo é analisar, não, a relação do performer com sua obra, mas colaborar para a análise da performance como um fenômeno que se desenvolve diante de um público e analisar as relações que comumente se estabelecem entre esse espectador de arte performática e a própria ação, utilizando para tanto, o critério do espaço onde a ação se desenvolve.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.01.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SIVIERO, Maria Vitória Laurindo; PIETROFORTE, Antonio Vicente Seraphim. O discurso da Performance Art: estudo semiótico dos regimes de manifestação da arte performática. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-07042017-135637/ >.
    • APA

      Siviero, M. V. L., & Pietroforte, A. V. S. (2017). O discurso da Performance Art: estudo semiótico dos regimes de manifestação da arte performática. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-07042017-135637/
    • NLM

      Siviero MVL, Pietroforte AVS. O discurso da Performance Art: estudo semiótico dos regimes de manifestação da arte performática [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-07042017-135637/
    • Vancouver

      Siviero MVL, Pietroforte AVS. O discurso da Performance Art: estudo semiótico dos regimes de manifestação da arte performática [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8139/tde-07042017-135637/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020