Exportar registro bibliográfico

A Constituição Orgânica em Aristóteles: a substância natural no seu mais elevado grau (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: CARVALHO, RODRIGO ROMÃO DE - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLF
  • Subjects: ARISTOTELISMO; FILOSOFIA DA NATUREZA; FILOSOFIA DA CIÊNCIA
  • Keywords: Animate and inanimate compounds; Composições homogêneas; Compostos animados e inanimados; Constituição orgânica; Geração natural; Homoeomerous compositions; Living organism; Mistos; Mixes; Natural generation; Natural substance; Organic constitution; Organismo vivo; Pneuma; Pneuma; Substância natural
  • Language: Português
  • Abstract: A presente pesquisa tem como objetivo desenvolver um estudo acerca da noção aristotélica de constituição orgânica, no qual procurarei propor um exame da filosofia da natureza de Aristóteles referente ao aspecto, atribuído ao organismo, de ser substância natural no seu mais elevado grau, estabelecendo uma análise comparativa entre os compostos elementares, os compostos homogêneos inanimados e os compostos orgânicos. Para tanto, pretendo, primeiramente, promover uma análise a respeito do caráter substancial dos organismos vivos. Em seguida, delimitar uma investigação em torno dos tipos de composições naturais, levando em conta a maneira pela qual a necessidade natural estaria envolvida no processo constitutivo de tais composições. E, por fim, oferecer uma interpretação relativa ao capítulo 12 do livro IV dos Meteorológicos, a qual tem por base discernir a natureza formal associada, por um lado, às propriedades características dos corpos homogêneos em geral, considerados em si e por si mesmos, e, por outro, às propriedades características da constituição orgânica, de modo a precisar as diferenças entre elas. Penso que, com este estudo, também será possível compreender de um modo claro o motivo pelo qual, nesta concepção de natureza, toma-se o organismo vivo como o paradigma de substâncias (ousiai) naturais.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.04.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Rodrigo Romão de; RAMOS, Mauricio de Carvalho. A Constituição Orgânica em Aristóteles: a substância natural no seu mais elevado grau. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-22052017-120532/ >.
    • APA

      Carvalho, R. R. de, & Ramos, M. de C. (2017). A Constituição Orgânica em Aristóteles: a substância natural no seu mais elevado grau. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-22052017-120532/
    • NLM

      Carvalho RR de, Ramos M de C. A Constituição Orgânica em Aristóteles: a substância natural no seu mais elevado grau [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-22052017-120532/
    • Vancouver

      Carvalho RR de, Ramos M de C. A Constituição Orgânica em Aristóteles: a substância natural no seu mais elevado grau [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-22052017-120532/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021