Exportar registro bibliográfico

Estudo de transportador de poliaminas, PotD, e seus híbridos como antígenos vacinais contra Streptococcus pneumoniae (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: CONVERSO, THIAGO ROJAS - BIOTECNOLOGIA
  • Unidade: BIOTECNOLOGIA
  • Subjects: STREPTOCOCCUS; VACINAS; ANTIGENOS DE BACTÉRIAS; VIRULÊNCIA; FAGÓCITOS; BIOFILMES
  • Keywords: S. pneumoniae; S. pneumoniae; Polyamine transporter; Proteins based vaccine; Transportador de poliaminas; Vacina proteica
  • Language: Português
  • Abstract: A Proteína Transportadora de Poliaminas (PotD) é um antígeno importante para a virulência de Streptococcus pneumoniae in vivo, capaz de proteger camundongos imunizados contra infecção sistêmica, além de reduzir a colonização da nasofaringe dos animais. Porém, visando ampliar a cobertura vacinal, a combinação com outros antígenos da bactéria se faz necessária. Este trabalho teve como objetivo aprofundar o estudo sobre a resposta imune gerada contra a proteína PotD, sozinha ou em fusão com duas outras proteínas pneumocócicas: o derivado de Pneumolisina, PdT, e a proteína de superfície de pneumococo A (PspA). Para tanto, os genes potD, pdT e pspA foram clonados e expressos, sozinhos ou fusionados, gerando as proteínas híbridas rPotD-PdT e rPspA-PotD. As proteínas recombinantes e os híbridos foram utilizados na imunização subcutânea de camundongos BALB/c, gerando elevados níveis de anticorpos. O soro dos animais imunizados foi capaz de reconhecer e se ligar à superfície de diferentes isolados de pneumococos, e de ampliar a fagocitose da bactéria por células peritoneais murinas in vitro. Em todos os ensaios, os híbridos se mostraram mais eficazes do que as proteínas isoladas, induzindo anticorpos capazes de potencializar a fagocitose dos pneumococos. A resposta imune celular foi caracterizada pela produção de INF-γ, IL-2 e IL-17 pelos esplenócitos, e um aumento na produção de NO pelos fagócitos peritoneais dos animais imunizados.Apesar dos resultados promissores in vitro, a proteína rPotD-PdT não foi capaz de induzir proteção em nenhum dos modelos avaliados; em contraste, a fusão rPspAPotD foi capaz de proteger os camundongos contra sepse por dois isolados virulentos de pneumococo, além de reduzir a colonização na nasofaringe. Por fim, demonstramos que a adição das poliaminas transportadas por PotD, espermidina e putrescina, à cultura de pneumococos interfere na formação de biofilme in vitro. Cnsiderando o importante papel da formação de biofilmes na colonização, este resultado sugere um possível mecanismo de ação da PotD durante a colonização por pneumococo. Em conjunto, os resultados deste estudo sugerem que a utilização de uma formulação híbrida, rPspA-PotD, compreende uma estratégia vacinal promissora, capaz de proteger contra colonização e sepse pneumocócica, pela produção de anticorpos opsonizantes e ativação de citocinas protetoras, como IL-17
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.02.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CONVERSO, Thiago Rojas; LEITE, Luciana Cezar de Cerqueira. Estudo de transportador de poliaminas, PotD, e seus híbridos como antígenos vacinais contra Streptococcus pneumoniae. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-23052017-154053/ >.
    • APA

      Converso, T. R., & Leite, L. C. de C. (2017). Estudo de transportador de poliaminas, PotD, e seus híbridos como antígenos vacinais contra Streptococcus pneumoniae. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-23052017-154053/
    • NLM

      Converso TR, Leite LC de C. Estudo de transportador de poliaminas, PotD, e seus híbridos como antígenos vacinais contra Streptococcus pneumoniae [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-23052017-154053/
    • Vancouver

      Converso TR, Leite LC de C. Estudo de transportador de poliaminas, PotD, e seus híbridos como antígenos vacinais contra Streptococcus pneumoniae [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/87/87131/tde-23052017-154053/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020