Exportar registro bibliográfico

A atividade de minhocas e sua influência nos solos de uma vertente do Planalto Atlântico Paulista sob florestas primárias  (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: DIOGO FILHO, GERALDO JOSÉ - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: COBERTURA DO SOLO; TOPOGRAFIA; MINHOCAS; BIOLOGIA DO SOLO; OLIGOCHAETA; FLORESTAS
  • Keywords: Biogênese; Biogenesis; Bioturbação; Bioturbation; Cobertura pedológica; Pedological coverage
  • Language: Português
  • Abstract: O tema desta pesquisa é a influência da atividade de minhocas no solo de uma vertente do Planalto Atlântico Paulista. O local estudado está cercado por áreas de preservação ambiental, possui florestas primárias em bom estado de conservação e apresenta clima quente com precipitações acima dos 2.000 mm por ano. Foi feito um levantamento das comunidades de anelídeos a partir de três diferentes técnicas de extração. Os organismos coletados foram identificados em nível de espécie e sua distribuição foi analisada ao longo da topografia. Demonstrou-se uma variação das populações de minhocas nos três setores da vertente, com maiores densidades no sopé e menores no topo. Verificou-se que há uma intensa atividade desses organismos no solo e que eles não se distribuem igualmente no perfil vertical, concentrando-se em algumas camadas, às vezes superficiais às vezes subsuperficiais, de acordo com o tipo de solo. Observou-se também a presença de espécies exóticas nas áreas antrópicas. Foi constatado que a atividade desses organismos modifica a morfologia (bioagregação) e também os atributos físicos (macroporosidade; bioporos) e químicos do solo (teores de matéria orgânica e dos nutrientes P, K+, Ca2+ e Mg2+; soma de bases; capacidade de troca catiônica), influenciando diversos processos pedológicos. Com seus comportamentos ecológicos (alimentar e construtor), as minhocas criam galerias, canais e produzem dejeções, ajudando na aeração do solo, na dinâmica hídrica e no processo de ciclagemdos nutrientes. Apesar do papel que desempenham na formação da cobertura pedológica, a maior parte dos levantamentos de solo não contempla os agregados biogênicos, por este motivo, demos ênfase especial à descrição destas morfologias.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DIOGO FILHO, Geraldo José; QUEIROZ NETO, Jose Pereira de. A atividade de minhocas e sua influência nos solos de uma vertente do Planalto Atlântico Paulista sob florestas primárias . 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-13042017-090737/ >.
    • APA

      Diogo Filho, G. J., & Queiroz Neto, J. P. de. (2016). A atividade de minhocas e sua influência nos solos de uma vertente do Planalto Atlântico Paulista sob florestas primárias . Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-13042017-090737/
    • NLM

      Diogo Filho GJ, Queiroz Neto JP de. A atividade de minhocas e sua influência nos solos de uma vertente do Planalto Atlântico Paulista sob florestas primárias  [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-13042017-090737/
    • Vancouver

      Diogo Filho GJ, Queiroz Neto JP de. A atividade de minhocas e sua influência nos solos de uma vertente do Planalto Atlântico Paulista sob florestas primárias  [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-13042017-090737/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021