Exportar registro bibliográfico

Efeitos da luz sobre o metabolismo de triptofano em melanócitos e melanomas (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, MAYSA BRAGA BARROS - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: MELANOMA; METABOLISMO; RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA
  • Language: Português
  • Abstract: Apesar de ser bem conhecido que a radiação ultravioleta (UV) causa danos na pele, já foram descritos alguns efeitos benéficos desta radiação, como por exemplo a sensação de bem estar proporcionado pela exposição a luz. Na pele, o triptofano (Trp) é metabolizado a compostos biologicamente ativos, e acredita-se que a síntese de serotonina (SER), um dos metabólitos do Trp, na fototerapia seja parte dos mecanismos de remissão da depressão de pacientes com desordem de humor sazonal. Ainda, a radiação UV induz diretamente a expressão e atividade de TDO, enzima que catalisa a transformação de Trp em quinurenina (KYN), em bactérias, efeito que ainda não havia sido estudado em células humanas. Com isso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a habilidade da radiação UV-A em modular a expressão de enzimas envolvidas nas rotas catabólicas do Trp em melanócitos e melanomas. Para isso foi realizada a padronização das condições de radiação UV-A através de ensaio de viabilidade celular, e então definimos condições que não levaram a morte das células (1,5 J/c'mPOT.2' para melanócitos e 3 e 6 J/c'mPOT.2' para melanomas). A radiação UV-A aumentou a expressão de IDO e TDO nos melanomas, enzimas que favorecem a progressão tumoral, e não só essas enzimas, houve aumento da expressão de KYNU e KMO, que também estão envolvidas na progressão tumoral. Além disso, a expressão de AANAT e HIOMT, responsáveis pela produção de melatonina (MLT), foi maior nos melanomas após 48 horas da radiação, enquanto a enzima INMTteve sua expressão aumentada em todos os tempos. O aumento de INMT em melanomas é muito interessante e podemos relacionar ao bem estar proporcionado pela exposição à luz, já que o produto dessa enzima, DMT, é conhecido por proporcionar essa sensação, porém o aumento observado na expressão de IDO e TDO em melanomas, indica um efeito nocivo da luz associado a produção de moléculas que estão fortemente ligadas aos processos de progressão e imunoescape tumoral. Os melanócitos parecem possuir menor susceptibilidade a radiação UV-A, pois as únicas enzimas que tiveram expressão aumentada após a radiação foram a KMO e a TPH1, e apesar da enzima TPH1 ter a expressão aumentada, esse aumento foi modesto o que nos levou a pensar que outras células da pele possam ter um papel mais relevante na produção de SER ou então outras condições de radiação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.04.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Maysa Braga Barros; CAMPA, Ana. Efeitos da luz sobre o metabolismo de triptofano em melanócitos e melanomas. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-25042017-171354/ >.
    • APA

      Silva, M. B. B., & Campa, A. (2017). Efeitos da luz sobre o metabolismo de triptofano em melanócitos e melanomas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-25042017-171354/
    • NLM

      Silva MBB, Campa A. Efeitos da luz sobre o metabolismo de triptofano em melanócitos e melanomas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-25042017-171354/
    • Vancouver

      Silva MBB, Campa A. Efeitos da luz sobre o metabolismo de triptofano em melanócitos e melanomas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-25042017-171354/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021