Exportar registro bibliográfico

Toxicidade de agroquímicos recomendados para a produção integrada de citros sobre o ácaro predador Euseius concordis (Chant) (Acari: Phytoseiidae) (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FRANCO, ALINE APARECIDA - ESALQ
  • Unidades: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEA
  • Subjects: ÁCAROS PREDADORES; CONTROLE BIOLÓGICO; FRUTAS CÍTRICAS; MANEJO INTEGRADO; PESTICIDAS; PRAGAS DE PLANTAS
  • Language: Português
  • Abstract: As plantas cítricas brasileiras são acometidas por inúmeros artrópodes praga e agentes fitopatógenos causadores de doenças, que exigem pulverizações frequentes de agroquímicos para reduzir as perdas econômicas ocasionada por eles. No entando, esse intenso uso de compostos químicos podem ocasionar desiquilíbrios no agroecossistema, como a mortalidade de agentes de controle biológico. Neste sentido, objetivou-se com esse estudo avaliar os efeitos letal e subletais de inseticidas, acaricidas e fungicidas recomendados para a produção integrada de citros sobre o ácaro predador Euseius concordis (Chant) (Acari: Phytoseiidae) em condições de laboratório, além de estudar as interferências transgeracionais destes agroquímicos em aspectos de desenvolvimento e reprodução, estimando os parâmetros de tabela de vida da progênie das fêmeas de E. concordis que mantiveram contato residual, avaliando também a duração do efeito nocivo dos agroquímicos sobre adultos de E. concordis em condições de semi-campo, e para ter resultados mais completos, avaliou a capacidade de predação do E. concordis sobre formas jovens de Panonychus citri (McGregor) (Acari: Tetranychidae) em condições laboratoriais o que subsidiou os estudos de interferência de agroquímicos sobre a capacidade de predação de E. concordis. Os resultados demonstraram que ~ 73% dos inseticidas avaliados foram considerados moderadamente nocivos à nocivos à espécie em estudo, além disso, muitos dos inseticidas estudados tiveraminterferência negativa nos parâmetros de tabela de vida da progênie (efeito transgeracional), e outros, como o imidacloprido, tiametoxam e lambda-cialotrina elevaram significativamente a taxa líquida de reprodução (Ro), taxa intrínseca de crescimento (rm) e razão finita de aumento (?), podendo indicar um possível efeito de hormese desses inseticidas à população de E. concordis. Já nos bioensaios com acaricidas, verificou que 50% dos avaliados foram considerados nocivos, causando altas mortalidades às fêmeas do ácaro estudado, destacando nesse grupo de agroquímicos o efeito trangeracional do acaricida etoxazol, que foi considerado inócuo a fêmeas adultas de E. concordis, no entanto, a progênie destas fêmeas teve mortalidade de 100% no estágio larval. Dos fungicidas avaliados, aproximadamente 70% foram considerados inócuos ou levemente nocivos às fêmeas de E. concordis (classe 1 e 2, segundo IOBC/ WPRS), sendo o grupo de agroquímicos menos nocivos ao ácaro em estudo. No presente trabalho, os resultados indicaram que, mesmo os agroquímicos considerados pouco nocivos ao ácaro predador E. concordis podem alterar o comportamento de busca e predação, como foi observado para as fêmeas que mantiveram contato residual com o fungicida tebuconazol e os inseticidas piriproxifem e tebufenozida, que reduziram significativamente a predação às ninfas de P. citri. Para tanto, esse estudo oferece informações que podem ser utilizadas em programas de manejo integrado de pragas, que preconizealiar controle químico com o biológico, com próposito de reduzir o uso de pesticida para controle de ácaros-praga, baseado na conservação do ácaro E. concordis nos pomares, além de fornecer informações pertinentes para estudos dessa natureza, direcionando para que os estudos de toxicidade sejam mais completos, baseando-se também nos efeitos transgeracionais e comportamentais que um pesticida pode causar a uma população de inimigos naturais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.01.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRANCO, Aline Aparecida; YAMAMOTO, Pedro Takao. Toxicidade de agroquímicos recomendados para a produção integrada de citros sobre o ácaro predador Euseius concordis (Chant) (Acari: Phytoseiidae). 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-26042017-104141/ >.
    • APA

      Franco, A. A., & Yamamoto, P. T. (2017). Toxicidade de agroquímicos recomendados para a produção integrada de citros sobre o ácaro predador Euseius concordis (Chant) (Acari: Phytoseiidae). Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-26042017-104141/
    • NLM

      Franco AA, Yamamoto PT. Toxicidade de agroquímicos recomendados para a produção integrada de citros sobre o ácaro predador Euseius concordis (Chant) (Acari: Phytoseiidae) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-26042017-104141/
    • Vancouver

      Franco AA, Yamamoto PT. Toxicidade de agroquímicos recomendados para a produção integrada de citros sobre o ácaro predador Euseius concordis (Chant) (Acari: Phytoseiidae) [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-26042017-104141/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020