Exportar registro bibliográfico

Estudo da miscibilidade de blendas de poli(hidroxibutirato)/poli(álcool vinílico) obtidas por mistura mecânica (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: CABRAL, DELIANE DA SILVA - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SMM
  • Subjects: POLÍMEROS (MATERIAIS); BLENDAS
  • Keywords: MISCIBILIDADE; MISTURA MECÂNICA
  • Language: Português
  • Abstract: Poli(hidroxibutirato) (PHB) é um polímero com um alto potencial de aplicação industrial, pois é biodegradável, tem propriedades físicas semelhantes ao poli(propileno) e é o mais abundante de sua classe, os poli(hidroxialconoatos). Porém, sua rigidez e fragilidade, combinadas com seu elevado custo de produção, têm limitado sua utilização em larga escala. Nesse sentido o PHB pode ser utilizado para o desenvolvimento de novos materiais como blendas, que são mais viáveis em comparação aos métodos de síntese. Estudos de blendas PHB/PVA por solução reportam boa compatibilidade entre os componentes, porém esse processo apresenta baixa produção, já que ampliação de escala é dificultada. Neste trabalho, blendas de PHB/PVA nas composições de 90:10, 75:25 e 50:50 em massa e plastificadas com glicerol foram obtidas por meio de mistura mecânica, utilizando uma extrusora rosca simples. As técnicas de espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier (FTIR), calorimetria exploratória diferencial (DSC), análise térmica dinâmico-mecânica (DMTA) e microscopia eletrônica de varredura (MEV) foram empregadas para estudar a miscibilidade das blendas. Os principais resultados indicam que as blendas são miscíveis: i) deslocamentos de bandas dos espectros de FTIR das blendas nas regiões de 1277 e 1054 'cm POT.-1' indicando interações intermoleculares fortes no sistema, como por exemplo polares e ligações de hidrogênio, ii) Tg única e intermediária às Tgs dos polímeros puros observada nas curvas do DMTA para as blendas, e iii) a ausência de duas fases nas imagens do MEV realizadas para as blendas com 90% de PHB após extração em meio aquoso da possível fase rica em PVA. Também foi possível observar que a cristalinidade do PHB não foi afetada significativamente pela adição de PVA como mostrado pelos resultados de DSC e difratometria de raios X (DRX)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.02.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CABRAL, Deliane da Silva; CARVALHO, Antonio José Felix de. Estudo da miscibilidade de blendas de poli(hidroxibutirato)/poli(álcool vinílico) obtidas por mistura mecânica. 2017.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-02052017-095306/pt-br.php >.
    • APA

      Cabral, D. da S., & Carvalho, A. J. F. de. (2017). Estudo da miscibilidade de blendas de poli(hidroxibutirato)/poli(álcool vinílico) obtidas por mistura mecânica. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-02052017-095306/pt-br.php
    • NLM

      Cabral D da S, Carvalho AJF de. Estudo da miscibilidade de blendas de poli(hidroxibutirato)/poli(álcool vinílico) obtidas por mistura mecânica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-02052017-095306/pt-br.php
    • Vancouver

      Cabral D da S, Carvalho AJF de. Estudo da miscibilidade de blendas de poli(hidroxibutirato)/poli(álcool vinílico) obtidas por mistura mecânica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18158/tde-02052017-095306/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021