Exportar registro bibliográfico

O MicroRNA miR-696 regula a expressão da proteína PGC-1α e induz à disfunção mitocondrial em células musculares de camundongos através do sistema SNARK/miR-696/PGC-1α (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: QUEIROZ, ANDRÉ LIMA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: MÚSCULO ESQUELÉTICO; CÉLULAS MUSCULARES
  • Keywords: Função Mitocondrial; miR-696; PGC-1α; SNARK; Mitochondrial dysfunction; Skeletal muscle
  • Language: Português
  • Abstract: A disfunção mitocondrial pode ser um mecanismo chave associado à ocorrência de doenças metabólicas como o diabetes. Neste contexto, é importante obeservar os mecanismos envolvidos nesse processo. MicroRNAs (miRs) são conhecidos por regular a expressão de genes em vários processos fisiológicos, incluindo o metabolismo de glicose e ácidos graxos, biogênese mitocondrial, proliferação, diferenciação e morte celular no músculo esquelético. Usando análise "in silico" (Sfold2.2) identificamos 219 microRNAs que, potencialmente, se ligam à região 3 'UTR do PGC-1α, um gene envolvido na biogênese mitocondrial e no metabolismo de glicose. Dos 219 candidatos, encontramos um alto valor de energia livre de hibridização entre o microRNA miR-696 e PGC-1α (-29,8 kcal / mol), sugerindo que o miR-696 poderia estar envolvido na regulação negativa do PGC-1α resultando em disfunção mitocondrial. Consistente com esta hipótese, observamos que a expressão do miR-696 apresentou-se aumentada nos músculos esqueléticos de dois modelos de camundongos com diabetes: camundongos diabéticos induzidos por STZ e camundongos alimentados com dieta hiperlipídica. Para compreender se o miR-696 regula a disfunção mitocondrial utilizamos células musculares C2C12 expostas a uma alta dose de ácido palmítico (700 μM) durante 24 horas, o que causou uma redução na expressão de genes mitocondriais, bem como no consumo de oxigênio. Vale destacar que a inibição do miR-696 através da transfecção de oligonucleotídeos antisenso (ASO) preveniu, parcialmente, a perda da função mitocondrial de células C2C12 tratadas com ácido palmítico. Curiosamente, não houve nenhuma alteração nos níveis de miR-696 em modelos envolvidos com a proteína AMPK, tal como em células C2C12 incubadas com uma droga ativadora de AMPK (AICAR) e no músculo esquelético de camundongos transgênicos superexpressando AMPKα2 com o domínio quinase inativo ou AMPKγ3 com mutaçãode ativação crônica (R70Q). Em contraste, a expressão alterada de uma quinase relacionadas com a AMPK, SNF1-AMPK-related kinase (SNARK), recentemente demonstrada por ter sua expressão aumentada em virtude do envelhecimento, exerceu efeitos significativos sobre a expressão do miR-696, como por exemplo sua redução dependente do knockdown de SNARK em células C2C12. Consistente com estes resultados, a superexpressão de SNARK em células C2C12 resultou no aumento da expressão do miR-696 e redução na expressão do PGC-1α, bem como no consumo de oxigénio. Nossos resultados demonstram que o estresse metabólico aumenta a expressão do miR-696 no músculo esquelético, que por sua vez inibe a sinalização da PGC-1α e a função mitocondrial. Ainda, apesar da AMPK não se apresentar como mediadora da expressão do miR-696, SNARK pode desempenhar um papel neste processo através do mecanismo de sinalização SNARK-miR-696-PGC-1α
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.12.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      QUEIROZ, André Lima; SILVEIRA, Leonardo dos Reis. O MicroRNA miR-696 regula a expressão da proteína PGC-1α e induz à disfunção mitocondrial em células musculares de camundongos através do sistema SNARK/miR-696/PGC-1α. 2016.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17131/tde-30032017-162044/ >.
    • APA

      Queiroz, A. L., & Silveira, L. dos R. (2016). O MicroRNA miR-696 regula a expressão da proteína PGC-1α e induz à disfunção mitocondrial em células musculares de camundongos através do sistema SNARK/miR-696/PGC-1α. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17131/tde-30032017-162044/
    • NLM

      Queiroz AL, Silveira L dos R. O MicroRNA miR-696 regula a expressão da proteína PGC-1α e induz à disfunção mitocondrial em células musculares de camundongos através do sistema SNARK/miR-696/PGC-1α [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17131/tde-30032017-162044/
    • Vancouver

      Queiroz AL, Silveira L dos R. O MicroRNA miR-696 regula a expressão da proteína PGC-1α e induz à disfunção mitocondrial em células musculares de camundongos através do sistema SNARK/miR-696/PGC-1α [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17131/tde-30032017-162044/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021