Exportar registro bibliográfico

Papel da Interleucina 6 (IL-6) na resposta inflamatória neutrofílica durante a infecção por Leishmania infantum (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, ÍTALA CRISTINE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: LEISHMANIOSE VISCERAL; INTERLEUCINA 6; NEUTRÓFILOS
  • Keywords: RNA-seq; Interleukin 6; Neutrophils; Visceral Leishmaniasis
  • Language: Português
  • Abstract: As leishmanioses são um conjunto de doenças causadas pela infecção com protozoários do gênero Leishmania. No Brasil, o parasita L. infantum provoca a manifestação de uma doença sistêmica e crônica, conhecida como leishmaniose visceral (VL), que, quando não tratada, pode levar o indivíduo à óbito. A gravidade da leishmaniose visceral vem sendo associada ao aumento do nível sistêmico de IL-6 em pacientes sintomáticos. Ainda não está claro como o aumento dessa citocina coordena a progressão da doença. Nós demonstramos durante a infecção por L. infantum experimental há produção dessa citocina nos órgãos alvos. Em decorrência dessa via, animais deficientes para IL-6 (IL-6-/-) são suscetíveis a infecção por apresentar maior número de parasitos nos órgãos alvo e por desenvolverem uma fraca resposta inflamatória em função da diminuição do infiltrado inflamatório. Como consequência, há o aumento de CXCL2 que medeia o recrutamento de neutrófilos no baço. Apesar de aumentada em animais IL-6-/- os neutrófilos apresentam um estado menos ativado. A produção dos principais mediadores de morte dos parasitos, como espécies reativas de oxigênio (ROS) e o óxido nítrico (NO), estão comprometidas e favorecem a disseminação do parasito em animais IL-6-/-. Por outro lado, a Il-6 não interfere na produção de citocinas pró-inflamatórias e na proliferação de linfócitos Th1, atuando somente em linfócitos Th17 no início da infecção, sugerindo que o controle da resposta inflamatória é dependente de mecanismos inatos. Em humanos, identificamos dois genes modulados pela via de sinalização da IL-6. Os genes Hsbp1 e AR estão up-regulados em pacientes com a doença ativa e são genes associados com a migração e a produção de neutrófilos na medula óssea, possivelmente envolvidos com a neutropenia em pacientes com LV. Juntos, os dados mostram que a via de sinalização da IL-6 tem papel importante na modulaçãoda resposta imune de neutrófilos, e em promover proteção durante a LV
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.12.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Ítala Cristine; PEREIRA, Vanessa Carregaro. Papel da Interleucina 6 (IL-6) na resposta inflamatória neutrofílica durante a infecção por Leishmania infantum. 2016.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-06062017-170957 >.
    • APA

      Silva, Í. C., & Pereira, V. C. (2016). Papel da Interleucina 6 (IL-6) na resposta inflamatória neutrofílica durante a infecção por Leishmania infantum. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-06062017-170957
    • NLM

      Silva ÍC, Pereira VC. Papel da Interleucina 6 (IL-6) na resposta inflamatória neutrofílica durante a infecção por Leishmania infantum [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-06062017-170957
    • Vancouver

      Silva ÍC, Pereira VC. Papel da Interleucina 6 (IL-6) na resposta inflamatória neutrofílica durante a infecção por Leishmania infantum [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17147/tde-06062017-170957

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021