Exportar registro bibliográfico

Tratamento de retrações gengivais múltiplas adjacentes com a matriz colágena xenogênica comparado ao enxerto de tecido conjuntivo subepitelial: ensaio clínico aleatório de não-inferioridade (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: PINTO, RODRIGO CARLOS NAHáS DE CASTRO - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODE
  • Subjects: RETRAÇÃO GENGIVAL; MATRIZ DENTINÁRIA; ENXERTO CONJUNTIVO; ESTÉTICA DENTÁRIA
  • Keywords: Aesthetics; Collagen matrix; Connective tissue graft; Enxerto de tecido conjuntivo; Estética; Matriz de colágeno; Multiple gingival recession; Recessões gengivais múltiplas; Recobrimento radicular; Root coverage
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi comparar em 6 meses os resultados do recobrimento radicular, hipersensibilidade dentinária, dor pós-operatória e estética utilizando o retalho avançado coronalmente modificado (RACm) associado ao enxerto de tecido conjuntivo subepitelial (ETCS) ou a matriz de colágeno suíno (MC) no tratamento de retrações gengivais (RG). Neste ensaio clínico aleatório cego de não-inferioridade, desenho de boca dividida, quinze pacientes com RG superiores múltiplas adjacentes, classe I de Miller, localizadas em caninos e pré-molares, com pelo menos uma RG >= 3 mm foram selecionados e distribuídos aleatoriamente em grupo controle (RACm+ETCS) e grupo de teste (RACm+MC). A altura da RG residual (desfecho primário) foi menor para o grupo controle (0,3 ± 0,6 mm) comparado ao grupo teste (0,6 ± 1,0 mm) (p = 0,008). A porcentagem de recobrimento radicular foi de 89,3% para o grupo controle e 77,7% para o grupo teste. Ambos os grupos demonstraram ganho em largura do TQ em 6 meses (p < 0,05) com diferença entre os grupos (p = 0,031). A profundidade de sondagem e o ganho de nível clínico de inserção foram similares entre os grupos e em todos os períodos avaliados. Ambos os grupos foram eficazes na redução da hipersensibilidade dentinária. A dor pósoperatória foi maior no grupo controle comparada ao grupo teste. A satisfação estética do paciente e do periodontista foi alta independente do grupo sem diferença estatística e a formação de cicatriz nas papilas e as diferençasvisuais nas áreas enxertadas foram maiores no RACm+ETCS. Quando equilibrados os resultados clínicos de cobertura radicular, os resultados centrados no paciente e a satisfação estética, a associação RACm+MC é uma alternativa viável ao RACm+ETCS para o tratamento das RG múltiplas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.09.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINTO, Rodrigo Carlos Nahás de Castro; ROMITO, Giuseppe Alexandre. Tratamento de retrações gengivais múltiplas adjacentes com a matriz colágena xenogênica comparado ao enxerto de tecido conjuntivo subepitelial: ensaio clínico aleatório de não-inferioridade. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23146/tde-04032017-120317/ >.
    • APA

      Pinto, R. C. N. de C., & Romito, G. A. (2016). Tratamento de retrações gengivais múltiplas adjacentes com a matriz colágena xenogênica comparado ao enxerto de tecido conjuntivo subepitelial: ensaio clínico aleatório de não-inferioridade. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23146/tde-04032017-120317/
    • NLM

      Pinto RCN de C, Romito GA. Tratamento de retrações gengivais múltiplas adjacentes com a matriz colágena xenogênica comparado ao enxerto de tecido conjuntivo subepitelial: ensaio clínico aleatório de não-inferioridade [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23146/tde-04032017-120317/
    • Vancouver

      Pinto RCN de C, Romito GA. Tratamento de retrações gengivais múltiplas adjacentes com a matriz colágena xenogênica comparado ao enxerto de tecido conjuntivo subepitelial: ensaio clínico aleatório de não-inferioridade [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23146/tde-04032017-120317/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021