Exportar registro bibliográfico

A ativação da NADPH oxidase mediada pela superexpressão da Dissulfeto Isomerase proteica em células musculares lisas vasculares (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: GONçALVES, RENATA DE CASTRO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: OXIGENASE; DIFERENCIAÇÃO CELULAR; DIAGNÓSTICO PRÉ-NATAL; WESTERN BLOTTING; TÉCNICAS CITOLÓGICAS; ABERRAÇÕES DOS CROMOSSOMOS SEXUAIS
  • Keywords: Aneuploidia; Aneuploidy; Chomosomal instability; Chromosome aberrations; Fluorescence; Instabilidade cromossômica; Polymerase chain reaction; Prenatal diagnosis
  • Language: Português
  • Abstract: A reação em cadeia da polimerase fluorescente quantitativa (QF-PCR) é um método molecular de diagnóstico que se baseia na amplificação de pequenas sequências repetitivas do genoma (Short Tandem Repeats - STRs). Este método pode ser empregado para a detecção de aneuploidias durante a triagem pré-natal, porém, no Brasil, ainda não é utilizado nas instituições públicas. O objetivo do presente estudo foi avaliar a eficácia da QF-PCR em comparação com a citogenética na detecção de aneuploidias. Foram avaliadas 162 amostras de líquido amniótico de gestantes com risco fetal de aneuploidia aumentado. As amostras foram coletadas no Ambulatório de Obstetrícia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. O DNA fetal, para a análise do QF-PCR, foi extraído do líquido amniótico e foram utilizados 24 marcadores moleculares fluorescentes para a amplificação de genes presentes nos cromossomos 13, 18, 21, X e Y. A interpretação foi baseada na análise quantitativa dos fragmentos obtidos na amplificação. A análise citogenética foi realizada segundo metodologia convencional. A QF-PCR foi realizada às cegas, sem o conhecimento do resultado citogenético. A concordância entre os resultados obtidos pela citogenética e pela QF-PCR foi de 93,2% (151/162), com sensibilidade total de 90% e especificidade de 97,2%. Quando analisado apenas os resultados passíveis de detecção pela QF-PCR, sem os rearranjos, a concordância atinge 98,1% com sensibilidade de 98,7% eespecificidade de 97,2%. O presente estudo demonstra que a QF-PCR é um método eficiente e confiável para triagem pré-natal de aneuploidias. Para a investigação de alterações cromossômicas estruturais a avaliação citogenética é necessária
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.12.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONÇALVES, Renata de Castro; FERNANDES, Denise de Castro. A ativação da NADPH oxidase mediada pela superexpressão da Dissulfeto Isomerase proteica em células musculares lisas vasculares. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5165/tde-09032017-121951/ >.
    • APA

      Gonçalves, R. de C., & Fernandes, D. de C. (2016). A ativação da NADPH oxidase mediada pela superexpressão da Dissulfeto Isomerase proteica em células musculares lisas vasculares. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5165/tde-09032017-121951/
    • NLM

      Gonçalves R de C, Fernandes D de C. A ativação da NADPH oxidase mediada pela superexpressão da Dissulfeto Isomerase proteica em células musculares lisas vasculares [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5165/tde-09032017-121951/
    • Vancouver

      Gonçalves R de C, Fernandes D de C. A ativação da NADPH oxidase mediada pela superexpressão da Dissulfeto Isomerase proteica em células musculares lisas vasculares [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5165/tde-09032017-121951/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020