Exportar registro bibliográfico

Efeitos agudos do exercício físico aeróbio sobre a função renal de pacientes com doença renal crônica não dialíticos (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTANA, DAVI ALVES DE - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA; EXERCÍCIO FÍSICO; RIM; NEFROPATIAS; FILTRAÇÃO; GLOMÉRULOS RENAIS
  • Keywords: Albuminúria; Exercise; Glomerular filtration rate; Kidney/physiology; Renal insufficiency chronic
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: O exercício físico pode ser uma terapia coadjuvante para indivíduos com doença renal crônica (DRC), já que esta condição patológica tem sido associada a múltiplas comorbidades como hipertensão e diabetes mellitus. No entanto, pouco se sabe sobre os efeitos agudos do exercício sobre a função renal em pacientes com DRC em seus diferentes estágios. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos agudos do exercício aeróbico sobre a função renal em pacientes com DRC não dialíticos. MÉTODOS: Trinta e três indivíduos foram divididos em três grupos: i) pacientes nos estágios 1 e 2 (DRC1-2; n= 11); ii) estágios 3 e 4 (DRC3-4; n= 11); iii) indivíduos saudáveis (CON; n= 11). Todos os voluntários realizaram 30 minutos de exercício em esteira em intensidade correspondente ao limiar anaeróbio ventilatório (LAN) (%VO2pico= 60 ± 8). Amostras de sangue foram coletadas antes, imediatamente após o exercício, 30 e 60 minutos após o exercício, e amostras de urina foram coletadas antes, 30, 60 e 90 minutos após o exercício para mensuração da creatinina e albuminúria. A taxa de filtração glomerular foi avaliada a partir da depuração endógena de creatinina (TFGCr-Cl) e estimada a partir da equação CKD-EPI 2009 (eTFG). RESULTADOS: Imediatamente após o exercício, não foram observadas alterações significantes na TFGCr-Cl e eTFG em todos os grupos (p>0,05). Embora ambos os grupos de pacientes com DRC tenham apresentado aumento da albuminúria imediatamente após o exercício, estes aumentos não foram significantes (p > 0,05).Nenhuma alteração na albuminúria foi detectada no grupo controle durante todo o protocolo (p> 0,05). CONCLUSÃO: Os resultados sugerem que uma sessão de exercício com duração de 30 minutos em intensidade moderada não compromete a função renal de pacientes com DRC. Em suma, estes dados suportam a noção de que o treinamento físico pode ser uma ferramenta terapêutica segura no manejo da DRC
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.12.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTANA, Davi Alves de; SILVA, Hamilton Augusto Roschel da. Efeitos agudos do exercício físico aeróbio sobre a função renal de pacientes com doença renal crônica não dialíticos. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-06032017-104953/ >.
    • APA

      Santana, D. A. de, & Silva, H. A. R. da. (2016). Efeitos agudos do exercício físico aeróbio sobre a função renal de pacientes com doença renal crônica não dialíticos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-06032017-104953/
    • NLM

      Santana DA de, Silva HAR da. Efeitos agudos do exercício físico aeróbio sobre a função renal de pacientes com doença renal crônica não dialíticos [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-06032017-104953/
    • Vancouver

      Santana DA de, Silva HAR da. Efeitos agudos do exercício físico aeróbio sobre a função renal de pacientes com doença renal crônica não dialíticos [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5164/tde-06032017-104953/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021