Exportar registro bibliográfico

Política educacional e o direito de brincar: a proposta de educação integral na zona oeste de São Paulo (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: PEREIRA, FERNANDO SILVEIRA DE CASTRO - FE
  • Unidade: FE
  • Subjects: POLÍTICA EDUCACIONAL; EDUCAÇÃO INTEGRAL; DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE; BRINCADEIRAS; INFÂNCIA
  • Keywords: Childhood; Direito de brincar Direitos da criança; Educação integral; Educational politics; Infância; Integral education; Política educacional; Right to play; Rights of the child
  • Language: Português
  • Abstract: Apresenta pesquisa centrada no seguinte problema: em que medida a política de educação integral em construção na Zona Oeste do município de São Paulo contribui para as oportunidades de exercício do direito de brincar das crianças atendidas? As condições ou requisitos estipulados para favorecimento das oportunidades de brincar foram: minimizar constrangimentos relativos ao atendimento escolar à infância e favorecer o acesso das crianças ao convívio em espaços informais e não controlados. A hipótese priorizada na investigação foi a de que esta política está contribuindo para com o aumento das oportunidades de brincar das crianças. Dentre as obras utilizadas para situar a abordagem, destacam-se as contribuições da sociologia da infância e os mais recentes aportes à análise de programas de educação integral no Brasil. A política educacional analisada conta com quatro diferentes instâncias: o programa Mais Educação do Ministério da Educação; os programas Mais Educação São Paulo e São Paulo Integral, ambos da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo; e a proposta da Diretoria Regional de Educação Butantã intitulada Educação integral para uma São Paulo educadora. O foco do trabalho foi a verificação da proposta conceitual e operacional das políticas em questão, suas eventuais iniciativas que indicassem contribuir para a minimização daqueles constrangimentos e sua repercussão em quatro escolas selecionadas segundo critérios previamente estabelecidos. Os procedimentos de coletade informações foram entrevistas semiestruturadas com ocupantes de funções técnicas e autoridades da Diretoria de Educação e de órgãos superiores da Secretaria e com equipes escolares, além de imersões no cotidiano daquelas escolas na perspectiva do pesquisador conversador proposta por Spink. Pretendeu-se a identificar os pontos de vista diferentes atores presentes, inclusive as crianças. A pesquisa conclui que aquela política de educação integral tem contribuído para aumentar as oportunidades de brincar das crianças atendidas, ainda que em poucos aspectos e de forma tímida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.09.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Fernando Silveira de Castro; GHANEM JUNIOR, Elie George Guimaraes. Política educacional e o direito de brincar: a proposta de educação integral na zona oeste de São Paulo. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22122016-103337/ >.
    • APA

      Pereira, F. S. de C., & Ghanem Junior, E. G. G. (2016). Política educacional e o direito de brincar: a proposta de educação integral na zona oeste de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22122016-103337/
    • NLM

      Pereira FS de C, Ghanem Junior EGG. Política educacional e o direito de brincar: a proposta de educação integral na zona oeste de São Paulo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22122016-103337/
    • Vancouver

      Pereira FS de C, Ghanem Junior EGG. Política educacional e o direito de brincar: a proposta de educação integral na zona oeste de São Paulo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22122016-103337/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021