Exportar registro bibliográfico

Caracterização de fatores sigma ECF de Pseudomonas aeruginosa PA14 (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: MAGALHÃES, LARISSA DE OLIVEIRA - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QBQ
  • Subjects: EXPRESSÃO GÊNICA; BIOLOGIA MOLECULAR; REGULAÇÃO GÊNICA; MICROBIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A proteobactéria Pseudomonas aeruginosa é um patógeno oportunista em humanos, sendo associado a queimaduras e infecções pulmonares crônicas em pacientes com fibrose cística. Essas infecções são difíceis de erradicar devido à resistência intrínseca de P. aeruginosa a antibióticos e à formação de biofilmes. Essa bactéria é altamente capaz de adaptar ao ambiente, tem um metabolismo versátil e pode direcionar a expressão de genes por vários fatores sigma alternativos. Estes são subunidades para transcrição de conjuntos específicos de genes em bactérias e interagem com o cerne da RNA polimerase, levando ao reconhecimento do promotor e início da transcrição. Os fatores sigma alternativos permitem que bactérias redirecionem a sua expressão genética. Um grupo de fatores sigma alternativos é o grupo dos fatores sigma de função extracitoplasmática (ECF) que são envolvidos principalmente em funções do envelope celular. Esse trabalho teve como objetivo caracterizar dois fatores sigma ECF de função desconhecida, PA14_21550 e PA14_46810. A linhagem mutante Δ21550 foi analisada quanto a sua sobrevivência a diferentes estresses, observando-se que é mais resistente ao choque de 45°C que a linhagem selvagem. Esse fator sigma não é essencial para crescimento da bactéria em meio LB e meio mínimo M63 acrescido de glicose ou succinato. Além disso, observou-se que a superexpressão desse fator sigma aumenta a expressão da proteína hipotética PA14_30100, usando-se uma abordagem proteômica. O mutante de transposon para o fator sigma PA14_46810 apresenta melhor crescimento que a bactéria selvagem em meio M63 acrescido de glicose. Essa linhagem mostrou mesmo fenótipo para biofilme e formação de exopolissacarídeo que a bactéria selvagem. Ademais, foi realizada análise de transcritoma por RNA-Seq com a superexpressão do fator sigma PA14_46810 na linhagem selvagem.Na linhagem de superexpressão Observou-se que ocorre indução de genes envolvidos com a desnitrificação, transporte de moléculas e metabolismo de uma maneira geral, em relação à linhagem controle. Por outro lado, o excesso de PA14_46810 reprime principalmente genes envolvidos com a tradução de proteínas e síntese de espermidina. Este trabalho, portanto, trouxe novas informações sobre as funções de diferentes fatores sigma ECF de P. aeruginosa, contribuindo assim para um maior entendimento da fisiologia desta bactéria e sua adaptação a diferentes condições
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.09.2016

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAGALHÃES, Larissa de Oliveira; BALDINI, Regina Lúcia. Caracterização de fatores sigma ECF de Pseudomonas aeruginosa PA14. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.
    • APA

      Magalhães, L. de O., & Baldini, R. L. (2016). Caracterização de fatores sigma ECF de Pseudomonas aeruginosa PA14. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Magalhães L de O, Baldini RL. Caracterização de fatores sigma ECF de Pseudomonas aeruginosa PA14. 2016 ;
    • Vancouver

      Magalhães L de O, Baldini RL. Caracterização de fatores sigma ECF de Pseudomonas aeruginosa PA14. 2016 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020