Exportar registro bibliográfico

Modulação da comunidade bacteriana associada ao milho (Zea mays L.) através da inoculação de bactérias promotoras de crescimento de plantas (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: ANICETO, RAFAEL MARTINS - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: MILHO; AZOSPIRILLUM; BACTÉRIAS FIXADORAS DE NITROGÊNIO; INOCULAÇÃO; CRESCIMENTO VEGETAL
  • Language: Português
  • Abstract: O uso de fertilizantes minerais é de grande importância para que a cultura atinja o seu potencial produtivo e torne a atividade de produção viável economicamente, no entanto o uso excessivo é danoso ao meio ambiente, trazendo riscos à saúde humana e à biodiversidade local. A utilização de bactérias promotoras de crescimento de plantas (BPCP) tem se mostrado uma alternativa promissora e sustentável, visando melhorar a produtividade e reduzir o uso de fertilizantes. Essas bactérias colonizam a rizosfera e tecidos internos da planta e são capazes de estimular o desenvolvimento e sanidade de sua hospedeira através de mecanismos como disponibilização de nutrientes, produção de fitohormônios e controle de patógenos. Este estudo teve por objetivo avaliar o efeito da inoculação de três linhagens de BPCP em milho e o impacto causado na comunidade bacteriana associada à cultura. As linhagens utilizadas foram Burkholderia ambifaria RZ2MS16, Bacillus sp. RZ2MS9, ambas isoladas da rizosfera de guaranazeiro, e Azospirillum brasilense Ab-v5, um inoculante comercial. Primeiramente, foi realizado um ensaio de antibiose entre RZ2MS9 e Ab-v5, constatando não haver inibição. Após, um experimento de promoção de crescimento em condições de campo, foi realizado, com plantas de milho inoculadas com: (i) RZ2MS16; (ii) RZ2MS16 e Ab-v5; (iii) Ab-v5; (iv) RZ2MS9; (v) RZ2MS9 e Ab-v5; e (vi) tratamento controle. As sementes foram inoculadas e, 60 dias após o plantio, a altura da planta, altura até ainserção da espiga e o diâmetro do colmo foram medidos. A inoculação com Ab-v5 e a coinoculação de RZ2MS9 com Ab-v5 promoveram o incremento de 3% em altura da planta, além disso, esse consórcio promoveu incremento de 9% no diâmetro do colmo, todos comparados ao tratamento controle. Usando o DNA total da folha e raíz do milho, o fragmento 16S rRNA bacteriano foi sequenciado, através da plataforma Ion Torrent, para avaliar o efeito da inoculação na comunidade bacteriana associada à ambos os tecidos. A inoculação foi capaz de modular a comunidade bacteriana associada à folha, com a análise de coordenadas principais (PCoA) explicando 39,51% da variação. Não foi observada modulação na comunidade bacteriana associada à raiz. Foi observada diferença na estrutura da comunidade bacteriana quando ambos os nichos foram comparados, independente de inoculação, com a PCoA explicando 80,97% dessa variação. Assim observa-se que estudos dessa natureza são de grande importância para o melhor entendimento da interação entre as BPCP e a comunidade bacteirana associada à planta hospedeira, e dos mecanismos que levam ao desenvolvimento da cultura
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.12.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANICETO, Rafael Martins; VERDI, Maria Carolina Quecine. Modulação da comunidade bacteriana associada ao milho (Zea mays L.) através da inoculação de bactérias promotoras de crescimento de plantas. 2016.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-06012017-155312/ >.
    • APA

      Aniceto, R. M., & Verdi, M. C. Q. (2016). Modulação da comunidade bacteriana associada ao milho (Zea mays L.) através da inoculação de bactérias promotoras de crescimento de plantas. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-06012017-155312/
    • NLM

      Aniceto RM, Verdi MCQ. Modulação da comunidade bacteriana associada ao milho (Zea mays L.) através da inoculação de bactérias promotoras de crescimento de plantas [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-06012017-155312/
    • Vancouver

      Aniceto RM, Verdi MCQ. Modulação da comunidade bacteriana associada ao milho (Zea mays L.) através da inoculação de bactérias promotoras de crescimento de plantas [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-06012017-155312/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020