Exportar registro bibliográfico

Estratégias terapêuticas usando o ácido ursólico sobre infecções determinadas por tripanosomatideos (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: FURINI, JúNIOR - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 602
  • Subjects: DOENÇA DE CHAGAS; TRIPANOSSOMOSE; LEISHMANIA
  • Keywords: Chagas disease; Leishmaniasis; Ursolic acid; Leishmaniose; Ácido ursólico
  • Language: Português
  • Abstract: Doença de Chagas e Leishmaniose, são doenças causadas por protozoários da família Trypanosomatidae (Trypanosoma cruzi e Leishmania sp., respectivamente) e estão, ambas, no grupo das doenças consideradas tropicais negligenciadas (DTNs). Juntas, elas afetam cerca de 30 milhões de pessoas em 98 países no mundo. Embora tão epidemiologicamente importantes, essas doenças ainda carecem de um tratamento quimioterápico robusto e seguro, pois os medicamentos disponíveis apresentam, além de baixa eficácia terapêutica, baixas taxas de adesão, devido aos sérios efeitos colaterais gerados por serem extremamente tóxicos e acabando, por isso, sendo geradores de resistência. Nas últimas décadas, tem sido intenso o esforço dos grupos de pesquisa em desenvolver alternativas para o tratamento dessas doenças, especialmente explorando produtos de origem natural e através do emprego de tecnologia farmacêutica, gerando formulações mais viáveis clinicamente devido ao provimento de propriedades físico-químicas favoráveis à absorção e permeabilidade celular, com consequente maior biodisponibilidade e potencialização do efeito biológico. Em nosso presente trabalho, objetivamos propor novas estratégias de tratamento dessas doenças, utilizando como candidato, o ácido ursólico (AU), um triterpenoide de origem natural. Foram testados o AU isolado e associado com fármacos estabelecidos, assim como uma dispersão sólida contendo 10% do princípio ativo (DSAU). Em ensaios in vitro contra as várias formasevolutivas intra e extracelulares de Trypanosoma cruzi e Leishmania braziliensis, obtivemos muito bons resultados, como 99,8% de lise em 128 ?M sobre as formas tripomastigotas, com IC50 de 14,1 ?M para o AU. Em experimentos in vivo sobre doença de Chagas experimental, observamos uma redução de parasitemia de 60,2% e 61,6% em animais tratados com doses de 20 mg/Kg de AU e DSAU, respectivamente. Embora não tenham causado diminuição na carga parasitária nos tecidos analisados (coração e fígado) em relação ao controle negativo, a sobrevida dos animais tratados com AU e DSAU foi semelhante a dos animais tratados com benzonidazol na mesma dose. Sobre leishmaniose muco-cutânea experimental, observamos a diminuição do diâmetro médio das lesões em animais tratados com dose de 20 mg/Kg de nossos compostos avaliados. Esses resultados demonstram que o ácido ursólico é um potente candidato a quimioterápico para o tratamento de tripanosomíases. Além disso, a associação a fármacos existentes, e a utilização de tecnologia farmacêutica podem ser boas estratégias para o tratamento dessas doenças
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.10.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FURINI, Júnior; ALBUQUERQUE, Sérgio de. Estratégias terapêuticas usando o ácido ursólico sobre infecções determinadas por tripanosomatideos. 2016.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-12122016-154937/ >.
    • APA

      Furini, J., & Albuquerque, S. de. (2016). Estratégias terapêuticas usando o ácido ursólico sobre infecções determinadas por tripanosomatideos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-12122016-154937/
    • NLM

      Furini J, Albuquerque S de. Estratégias terapêuticas usando o ácido ursólico sobre infecções determinadas por tripanosomatideos [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-12122016-154937/
    • Vancouver

      Furini J, Albuquerque S de. Estratégias terapêuticas usando o ácido ursólico sobre infecções determinadas por tripanosomatideos [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-12122016-154937/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021