Exportar registro bibliográfico

Efeitos da contração do músculo cricotireoideo na vibração cordal: estudo experimental com videolaringoscopia de alta velocidade (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: ISHIKAWA, CAMILA CRISTINA - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOF
  • Subjects: CORDAS VOCAIS; LARINGE; MÚSCULOS LARÍNGEOS; VOZ; CADÁVER; EPIDEMIOLOGIA EXPERIMENTAL; LARINGOSCOPIA
  • Keywords: Cadáver; Laryngeal muscles; Laryngoscopy; Larynx; Vocal folds; Voice
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: O grande desafio para o laringologista perante o quadro de paralisia unilateral do músculo cricotireoideo é fazer o diagnóstico do comprometimento desse músculo por meio da laringoscopia. Não existe consenso na literatura em relação aos achados vibratórios que possam servir como comprovação dessa condição. O objetivo desse estudo foi avaliar os efeitos da contração do músculo cricotireoideo sobre a vibração das pregas vocais usando a videolaringoscopia de alta velocidade e tentar encontrar um ou mais achados que pudessem ser utilizados como um sinal indicativo de paralisia unilateral do músculo cricotireoideo. MÉTODOS: Realizou-se um estudo experimental com 20 laringes excisadas de cadáveres humanos adultos masculinos. A vibração cordal foi produzida artificialmente com a passagem de ar comprimido através das pregas vocais. Cada laringe foi avaliada em três situações: contração bilateral do músculo cricotireoideo, contração unilateral do músculo cricotireoideo e ausência de contração de ambos os músculos cricotireoideos. Os seguintes parâmetros foram avaliados pela videolaringoscopia de alta velocidade: frequência fundamental, periodicidade da vibração, amplitude de vibração das pregas vocais e simetria de fase entre as pregas vocais. RESULTADOS: A diminuição da tensão longitudinal das pregas vocais decorrente da ausência de contração do músculo cricotireoideo unilateral e bilateral mostrou não alterar a periodicidade da vibração e a presença de assimetria de fase entre as pregas vocais, mas houve uma diminuição significativa da frequência fundamental (p < 0,001).Observou-se, também, um aumento da amplitude de vibração das pregas vocais direita e esquerda (p < 0,05), que apresentaram comportamento semelhante para esse parâmetro nas diferentes situações estudadas. CONCLUSÕES: A diminuição da tensão nas pregas vocais, causada pela ausência da contração do músculo cricotireoideo unilateral e bilateral, resultou em uma diminuição da frequência fundamental e em um aumento da amplitude de vibração. A presença de periodicidade em todas as laringes sugere que a videoestrobolaringoscopia, método usado mais frequentemente na prática clínica, possa ser um método adequado para avaliar pacientes com paralisia unilateral do músculo cricotireoideo. E, finalmente, os resultados sugerem que a paralisia unilateral do músculo cricotireoideo parece não ser capaz de produzir uma assimetria de tensão suficiente para induzir diferença de amplitude de vibração e de fase entre as pregas vocais e, desta forma, esses parâmetros não podem ser utilizados para fazer uma diferenciação segura dessa condição
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.09.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ISHIKAWA, Camila Cristina; TSUJI, Domingos Hiroshi. Efeitos da contração do músculo cricotireoideo na vibração cordal: estudo experimental com videolaringoscopia de alta velocidade. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-05122016-145114/ >.
    • APA

      Ishikawa, C. C., & Tsuji, D. H. (2016). Efeitos da contração do músculo cricotireoideo na vibração cordal: estudo experimental com videolaringoscopia de alta velocidade. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-05122016-145114/
    • NLM

      Ishikawa CC, Tsuji DH. Efeitos da contração do músculo cricotireoideo na vibração cordal: estudo experimental com videolaringoscopia de alta velocidade [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-05122016-145114/
    • Vancouver

      Ishikawa CC, Tsuji DH. Efeitos da contração do músculo cricotireoideo na vibração cordal: estudo experimental com videolaringoscopia de alta velocidade [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5143/tde-05122016-145114/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021