Exportar registro bibliográfico

Análise do processo de prescrição de medicamentos antineoplássicos de um Hospital Universitário (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: BÓZOLI, LUÍS FELIPE BELONI - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Subjects: ANTINEOPLÁSICOS; ERROS DE MEDICAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O processo de utilização de medicamentos envolve a prescrição, dispensação, administração, uso do medicamento pelo paciente e monitoramento. A prescrição medicamentosa é o ato final de um processo cuidadoso de análise das condições e características do paciente, características institucionais e recursos humanos, para uma tomada de decisão que resulta na escolha adequada do tratamento farmacoterapêutico. A prescrição ideal deve contemplar: patologia, paciente, medicamento, via de administração e posologia corretos, resultando em prescrição apropriada, segura, efetiva e econômica. O Hospital do estudo utiliza um sistema informatizado de prescrição e dispensação eletrônica que comprovadamente diminui muito o número de erros e falhas, porém a Central de Quimioterapia (CQ), onde são prescritos os antineoplásicos, ainda não tem esse sistema, utilizando prescrições manuais. Modelo de estudo: estudo descritivo com coleta prospectiva de dados. Objetivo: identificar a prevalência de problemas com o processo de prescrição de medicamentos à pacientes com câncer, atendidos na CQ. Metodologia: a pesquisa foi realizada em prescrições medicamentosas feitas em um formulário de prescrições com espaços para serem devidamente preenchidos. Este permite preencher dados pessoais do paciente, tratamento, prescritor e do médico responsável. Analisaram-se em torno de 10 prescrições aleatorizadas por dia, durante 8 meses, totalizando 1650 prescrições. A análise dos dados permitiu quantificar as variáveis caracterizando os erros detectados na prescrição medicamentosa. Para a análise estatística todas as variáveis foram estudadas de maneira descritiva, através do cálculo de frequências absolutas e relativas. Resultados: dos medicamentos prescritos, 6,7% estavam com o nome comercial, 98,58e as formas farmacêuticas estavam ausentes em 94,75%. Quanto às condições visuais das prescrições nos dados do paciente, 12% não tinham o nome do paciente legível e 12,3% não tinham o sexo nem a idade do paciente. Conclusão: conclui-se que um sistema informatizado de prescrição e dispensação eletrônica necessita ser implantado o mais breve possível na CQ, devido ao grande número de erros e falhas mostrados no trabalho, que poderiam ser evitados com um sistema eletrônico. Segundo vários autores além da experiência no próprio Hospital com a prescrição eletrônica em outras áreas, a informatização da prescrição constituiria em um grande avanço para a prevenção de erros de prescrição na CQ, tornando o processo mais seguro e confiável
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.10.2015

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BÓZOLI, Luís Felipe Beloni; UETA, Julieta. Análise do processo de prescrição de medicamentos antineoplássicos de um Hospital Universitário. 2016.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2016.
    • APA

      Bózoli, L. F. B., & Ueta, J. (2016). Análise do processo de prescrição de medicamentos antineoplássicos de um Hospital Universitário. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bózoli LFB, Ueta J. Análise do processo de prescrição de medicamentos antineoplássicos de um Hospital Universitário. 2016 ;
    • Vancouver

      Bózoli LFB, Ueta J. Análise do processo de prescrição de medicamentos antineoplássicos de um Hospital Universitário. 2016 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020