Exportar registro bibliográfico

Do sal e do sol: práticas turísticas e conflitos sociais na construção de um espaço turístico: Boa Viagem-PE (1950) (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: ALENCAR, SOLANGE LOPES DE - EACH
  • Unidade: EACH
  • Subjects: TURISMO LITORÂNEO; DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO
  • Keywords: Conflitos sociais; Social conflicts
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo objetiva compreender os processos que promoveram as transformações das práticas turísticas na praia de Boa Viagem, em Recife, Capital de Pernambuco, durante a década de 1950, em um momento marcado pela saída da Ditadura Vargas (1937-1945) coetânea com o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Elencando as formas como os sujeitos envolvidos, isto é, as classes de trabalhadores e as Elites locais, além da forte presença do Estado, atuaram para a construção das práticas turísticas. O período de estudo compreende um momento democrático entre dois governos de exceção, marcado pela ascensão das forças políticas esquerdistas, muito fortes em Pernambuco, além da assunção dos vários movimentos populares, os quais criaram um clima de intensas disputas políticas junto às forças conservadoras da tradicional açucarocracia pernambucana, assentada no poder dos usineiros. Buscando recuperar o que era visto como um atraso econômico, presente nos altíssimos níveis de pobreza da maior parte da população, além do enfraquecimento das elites políticas no quadro político nacional, ascendeu, lentamente, um incipiente discurso sobre o Turismo como parte da solução para a recuperação econômica local. A praia de Boa Viagem é a materialização da aplicação desse discurso uma vez que se tornou o território turístico por excelência do Recife, abandonando suas características de área de veraneio das elites locais, mantendo, contudo, a característica de local elitizado. (continua)(continuação) Diante desse quadro, buscamos resgatar quais entendimentos os sujeitos possuíam sobre o que seria o Turismo, o turista, o setor turístico, a prestação de serviços turísticos, os equipamentos e atrações turísticas, entre outros conceitos ainda em formação no próprio meio turístico. Ademais, questionamos o quanto o aspecto relacional entre os sujeitos envolvidos, o Estado, as elites e os trabalhadores, assim como a participação deles, fomentou a construção do Turismo como foi sendo praticado por meio de imposições, cooptações, negociações e exclusões. Além do próprio papel da praia como fenômeno de um discurso de inclusão entre as classes sociais, mas de exclusão da apropriação econômica com o Turismo. Neste sentido, utilizamos como principais fontes de pesquisa, jornais e periódicos, sobretudo a partir da década de 1950. O jornal Diário de Pernambuco foi nossa principal fonte, pois possuía ampla circulação e era visto como a voz das classes dominantes, porque conseguia propor discursos reconhecidos pelas próprias elites da mesma forma que atingia a classe trabalhadora de forma disciplinadora. Como ferramenta para análise, cercamo-nos dos conceitos da Análise do Discurso de orientação foucaultiana, embasando-nos numa perspectiva dialética e relacional entre os sujeitos. (continua)(continuação) No final, foi possível concluir o quanto o Turismo construído e praticado na praia de Boa Viagem, a partir do processo histórico visualizado, reforçou disputas pela apropriação da área da praia pelos trabalhadores, pelas elites e pelo Estado, constituindo-se num território turístico cujo discurso prefacia uma suposta democratização do uso da praia para lazer, mas que, contudo, exclui parte dos sujeitos da apropriação econômica promovida por esse mesmo Turismo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.09.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALENCAR, Solange Lopes de; RAIMUNDO, Sidnei. Do sal e do sol: práticas turísticas e conflitos sociais na construção de um espaço turístico: Boa Viagem-PE (1950). 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100134/tde-18112016-230526/ >.
    • APA

      Alencar, S. L. de, & Raimundo, S. (2016). Do sal e do sol: práticas turísticas e conflitos sociais na construção de um espaço turístico: Boa Viagem-PE (1950). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100134/tde-18112016-230526/
    • NLM

      Alencar SL de, Raimundo S. Do sal e do sol: práticas turísticas e conflitos sociais na construção de um espaço turístico: Boa Viagem-PE (1950) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100134/tde-18112016-230526/
    • Vancouver

      Alencar SL de, Raimundo S. Do sal e do sol: práticas turísticas e conflitos sociais na construção de um espaço turístico: Boa Viagem-PE (1950) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100134/tde-18112016-230526/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021