Exportar registro bibliográfico

Elementos verdes: os integralistas brasileiros investigados pelo DOPS-SP (1938-1981) (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: DOTTA, RENATO ALENCAR - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Subjects: ESTADO NOVO (1937-1945); INTEGRALISMO; REPRESSÃO POLÍTICA
  • Keywords: DOPS; DOPS; Partido de Representação Popular; Peoples Representation Party
  • Language: Português
  • Abstract: O DOPS-SP (Departamento de Ordem Política e Social do Estado de São Paulo) foi criado em 1924 com o objetivo de organizar informações sobre a vigilância dos suspeitos do que o Estado brasileiro via como criadores da desordem política e/ou social. Sob essa categoria estariam, sobretudo, os comunistas, socialistas e anarquistas. Contudo, para além dessa esfera mais conhecida de inimigos, o DOPS registrou em seus arquivos as atividades de um amplo espectro da sociedade. Entre estes estavam os militantes - ou suspeitos de militância do movimento integralista. Estes foram fichados principalmente durante o período do Estado Novo, mas também depois. Institucionalmente, os integralistas, após o período da Ação Integralista Brasileira (AIB) entre 1932 e 1937, passaram a ser reprimidos e investigados durante o Estado Novo. Após a queda da ditadura, organizaram o Partido de Representação Popular (PRP), organização que subsistiu até 1965, quando vários de seus membros entraram na Aliança Renovadora Nacional (ARENA), sustentáculo do regime militar. Toda essa trajetória está retratada em pastas da série Dossiês organizada pelo DOPS paulista, e cujas datas-limites são 1938 e 1981. Analisar como os integralistas foram vistos e investigados pelo DOPS-SP ao longo de quatro décadas, bem como a própria trajetória integralista nesse período, estão entre as minhas metas para este trabalho.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.08.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DOTTA, Renato Alencar; AQUINO, Maria Aparecida de. Elementos verdes: os integralistas brasileiros investigados pelo DOPS-SP (1938-1981). 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-25102016-133428/ >.
    • APA

      Dotta, R. A., & Aquino, M. A. de. (2016). Elementos verdes: os integralistas brasileiros investigados pelo DOPS-SP (1938-1981). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-25102016-133428/
    • NLM

      Dotta RA, Aquino MA de. Elementos verdes: os integralistas brasileiros investigados pelo DOPS-SP (1938-1981) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-25102016-133428/
    • Vancouver

      Dotta RA, Aquino MA de. Elementos verdes: os integralistas brasileiros investigados pelo DOPS-SP (1938-1981) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-25102016-133428/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020