Exportar registro bibliográfico

Prevalência de Disfunção Temporomandibular e análise comparativa do perfil psicoemocional, da qualidade de vida e da presença de dores orofaciais em mulheres com Síndrome de Sjögren (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated author: NUNES, THAíS BORGUEZAN - FO
  • School: FO
  • Sigla do Departamento: ODE
  • Subjects: SÍNDROME DE SJOGREN; DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR; QUALIDADE DE VIDA; DOR CRÔNICA
  • Keywords: Chronic pain; Disfunção Temporomandibular; Dor crônica; Perfi l psicoemocional; Psychoemotional profile; Qualidade de vida; Quality of life; Síndrome de Sjögren; Sjögren's Syndrome; Temporomandibular Disorder
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência de Disfunção Temporomandibular e fazer uma análise comparativa do perfi l psicoemocional, da qualidade de vida e da presença de dores orofaciais em mulheres com Síndrome de Sjögren (SS) primária. Cinquenta e três pacientes do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) diagnosticadas de acordo com os critérios propostos pelo American-European Consensus Group (AECG) foram selecionadas e aceitaram participar da pesquisa. Foram aplicados os questionários RDC/TMD para diagnosticar a Disfunção Temporomandibular, DN4 para classifi car o tipo de dor quando presente, BDI para avaliar de forma global a intensidade e localização da dor presente e sua interferência nas atividades de vida diária, SF-36 para avaliar a percepção da paciente quanto ao seu estado geral e sua qualidade de vida, EADS- 21 para diagnosticar fenômenos de ansiedade, estresse e depressão e EPCD para verifi car os pensamentos catastrófi cos para a dor. As pacientes também foram classifi cadas de acordo com ESSDAI para avaliar a atividade da doença SS e de acordo com ESSPRI para avaliar os sintomas de fadiga, secura e dor. Segundo o questionário RDC/TMD, 49,1% das pacientes com SS têm dor miofascial, 9,37% têm deslocamento de disco e 13,2% têm artralgia, 50,9% têm dor na face, 58,5% têm dor de cabeça, 35,8% têm estalo, 17% têm crepitação, 45,3% têm bruxismo, 60,4% têm apertamento diurno e 41,5% têm zumbido. Quanto aoquestionário BPI, 74,53% das pacientes relataram melhora da dor com o tratamento instituído. Quanto ao questionário DN4, 11,3% têm dor neuropática. Quanto ao questionário SF-36, todos os domínios tiveram pontuação menor que 50 pontos, exceto os Domínios Capacidade Funcional (52,45 pontos), Aspectos Sociais (60,57 pontos) e Saúde Mental (65,96 pontos). De acordo com o EADS-21, o Domínio Estresse teve maior média (6,02 pontos), seguido por Ansiedade (4,51 pontos) e Depressão (3,53 pontos). O Score EPCD foi de 1,26 pontos e a maioria dos pacientes (83%) teve baixa catastrofi zação. Cerca de 51% das pacientes têm baixa atividade da doença SS (Score ESSDAI =2,7) e 67,9% têm alto nível de sintoma incapacitante (Score ESSPRI>=5). O estudo mostrou que os principais fatores contribuintes para a pior qualidade de vida em pacientes com SS primária são fadiga, depressão, ansiedade, xerose, dor e estresse
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.09.2016
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NUNES, Thaís Borguezan; LOURENÇO, Silvia Vanessa. Prevalência de Disfunção Temporomandibular e análise comparativa do perfil psicoemocional, da qualidade de vida e da presença de dores orofaciais em mulheres com Síndrome de Sjögren. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-10112016-154529/ >.
    • APA

      Nunes, T. B., & Lourenço, S. V. (2016). Prevalência de Disfunção Temporomandibular e análise comparativa do perfil psicoemocional, da qualidade de vida e da presença de dores orofaciais em mulheres com Síndrome de Sjögren. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-10112016-154529/
    • NLM

      Nunes TB, Lourenço SV. Prevalência de Disfunção Temporomandibular e análise comparativa do perfil psicoemocional, da qualidade de vida e da presença de dores orofaciais em mulheres com Síndrome de Sjögren [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-10112016-154529/
    • Vancouver

      Nunes TB, Lourenço SV. Prevalência de Disfunção Temporomandibular e análise comparativa do perfil psicoemocional, da qualidade de vida e da presença de dores orofaciais em mulheres com Síndrome de Sjögren [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23139/tde-10112016-154529/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020