Exportar registro bibliográfico

Determinação da afinidade e assinatura termodinâmica de inibidores da cruzaína por calorimetria de titulação isotérmica (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: PROKOPCZYK, IGOR MUCCILO - IQSC
  • Unidade: IQSC
  • Subjects: DOENÇA DE CHAGAS; TRYPANOSOMA CRUZI
  • Language: Português
  • Abstract: A enzima cruzaína é um alvo validado e promissor para a descoberta de agentes tripanossomicidas. A validação desta enzima estimulou o desenvolvimento de vários inibidores ao longo dos últimos vinte anos. A descoberta de novos compostos, provenientes de classes químicas distintas, mais seguros e eficazes representa uma importante contribuição para o desenvolvimento da quimioterapia da doença de Chagas. Dentre essas classes, encontram-se as dipeptidil-nitrilas, que apresentam alta potência contra a cruzaína e são conhecidamente inibidores covalente-reversíveis. Estudos de afinidade através de Calorimetria de Titulação Isotérmica (ITC) são fundamentais na compreensão de sistemas bioquímicos e viabilizam a determinação dos parâmetros termodinâmicos. A ITC possibilita determinar com precisão e acurácia os valores de Kd(1/Ka), ΔH,ΔG,ΔS e ΔCp e com esses parâmetros pode-se traçar facilmente o perfil termodinâmico dos ligantes. No presente trabalho, a enzima selvagem cruzaína bem como sua forma mutante C25S foram preparadas e, pela primeira vez, foi realizado o estudo de afinidade através da ITC para 16 dipeptidil-nitrilas usadas como inibidores da cruzaína. O perfil termodinâmico (TP) foi obtido e observado como entálpico-dirigido com compensação entrópica desfavorável. A fatoração da energia livre ( ΔG) de interação foi usada para avaliar os efeitos causados pelas substituições em P1, P2 e P3 na energética, sugerindo uma correlação direta entre a afinidade e a otimização entálpica/entrópicaAs substituições avaliadas promoveram um aumento de 10 a 20 vezes na afinidade da cruzaína pelo inibidor. Estudos em diferentes tampões foram realizados para a determinação da influência do efeito de ionização na afinidade. Foi determinado o valor de ΔCp do complexo cruzaína-Neq0409 e a relação de ΔHITC com ΔHvH. O Neq0569 foi testado contra a proteína mutante C25A, tendo sido observada inversão da assinatura que passou a ser entropicamente dirigida. Além disso, uma redução de 176 vezes na afinidade foi observada, demonstrando a importância da ligação covalente-reversível para o aumento da afinidade
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.07.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PROKOPCZYK, Igor Muccilo; MONTANARI, Carlos Alberto. Determinação da afinidade e assinatura termodinâmica de inibidores da cruzaína por calorimetria de titulação isotérmica. 2016.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75133/tde-09112016-153328/publico/IgorMucciloProkopczykrevisado.pdf >.
    • APA

      Prokopczyk, I. M., & Montanari, C. A. (2016). Determinação da afinidade e assinatura termodinâmica de inibidores da cruzaína por calorimetria de titulação isotérmica. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75133/tde-09112016-153328/publico/IgorMucciloProkopczykrevisado.pdf
    • NLM

      Prokopczyk IM, Montanari CA. Determinação da afinidade e assinatura termodinâmica de inibidores da cruzaína por calorimetria de titulação isotérmica [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75133/tde-09112016-153328/publico/IgorMucciloProkopczykrevisado.pdf
    • Vancouver

      Prokopczyk IM, Montanari CA. Determinação da afinidade e assinatura termodinâmica de inibidores da cruzaína por calorimetria de titulação isotérmica [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75133/tde-09112016-153328/publico/IgorMucciloProkopczykrevisado.pdf


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021