Exportar registro bibliográfico

MicroRNAs circulantes como preditores do resultado cirúrgico da epilepsia do lobo temporal mesial com esclerose hipocampal (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: ALMEIDA, SERGUEY MALAQUIAS DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCA
  • Subjects: EPILEPSIA DO LOBO TEMPORAL; RNA; BIOMARCADORES
  • Keywords: Biomarcadores moleculares; Epilepsia do lobo temporal mesial com esclerose hipocampal; Mesial temporal lobe epilepsy with hippocampal sclerosis; MicroRNAs; Molecular biomarkers
  • Language: Português
  • Abstract: Alta prevalência, farmacorresistência e bom prognóstico cirúrgico são algumas das características clínicas que tornam a epilepsia do lobo temporal mesial com esclerose hipocampal (ELTM-EH) uma das mais importantes formas de epilepsia. Ela é o modelo da epilepsia cirurgicamente curável. Infelizmente, cerca de 10% dos pacientes evoluem com resultado cirúrgico insatisfatório. A ELTM-EH está associada a alterações amplas do perfil de expressão dos microRNAs (miRNAs) do hipocampo. Recentemente, constatou-se a existência de miRNAs estáveis no sangue periférico e em outros fluidos corporais, comprovadamente aplicáveis como biomarcadores, cuja abrangência vai do diagnóstico à resposta terapêutica. Tendo isso em vista, a pesquisa partiu do seguinte questionamento: é possível a identificação, no sangue periférico, de assinaturas moleculares por miRNAs que predigam o resultado do tratamento cirúrgico da ELTM-EH? Por meio de técnicas de biologia molecular, avaliaram-se amostras de sangue e hipocampo de pacientes submetidos à lobectomia temporal anterior em consequência de ELTMEH farmacorresistente. As amostras eram representativas de indivíduos com resultado cirúrgico favorável (Engel IA) e desfavorável (Engel III e IV). Com a técnica de microarray obteve-se o perfil de expressão de miRNAs das amostras triadas e chegou-se a um conjunto de seis miRNAs candidatos a biomarcadores de prognóstico cirúrgico: miR-92b-3p; miR-1238-3p; miR-1181; miR-636; miR- 1229-3p e miR-486-5p. Em seguida, com a técnica de PCR em tempo real, quantificou-se a expressão destes seis miRNAs e, a partir da otimização de um ponto de corte na escala de expressão, cada miRNA circulante foi apreciado como preditor de resultado cirúrgico. Assim, constatou-se hiperexpressão sanguínea dos seis miRNAs, sem distinção estatística entre os grupos Engel IA e Engel III-IV, hiperexpressãohipocampal do miR-486-5p no grupo Engel IA e hipoexpressão hipocampal do miR-636 nos grupos Engel IA e Engel III-IV. Na análise dos miRNAs circulantes como preditores de sucesso cirúrgico, o miR- 1238-3p exibiu uma sensibilidade de 40,00%, especificidade de 92,86% e acurácia de 65,52%. O conjunto miR-1238/miR1181 mostrou sensibilidade de 46,67%, especificidade de 85,71% e acurácia de 65,52%. O único miRNA circulante sondado como preditor de insucesso cirúrgico, o miR-636, revelou sensibilidade de 21,43%, especificidade de 93,33% e acurácia de 58,62%
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.04.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALMEIDA, Serguey Malaquias de; CARLOTTI JUNIOR, Carlos Gilberto. MicroRNAs circulantes como preditores do resultado cirúrgico da epilepsia do lobo temporal mesial com esclerose hipocampal. 2016.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-28072016-091716/ >.
    • APA

      Almeida, S. M. de, & Carlotti Junior, C. G. (2016). MicroRNAs circulantes como preditores do resultado cirúrgico da epilepsia do lobo temporal mesial com esclerose hipocampal. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-28072016-091716/
    • NLM

      Almeida SM de, Carlotti Junior CG. MicroRNAs circulantes como preditores do resultado cirúrgico da epilepsia do lobo temporal mesial com esclerose hipocampal [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-28072016-091716/
    • Vancouver

      Almeida SM de, Carlotti Junior CG. MicroRNAs circulantes como preditores do resultado cirúrgico da epilepsia do lobo temporal mesial com esclerose hipocampal [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17137/tde-28072016-091716/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021