Exportar registro bibliográfico

Estudo dos mecanismos de instabilização em um talude de solo arenoso não saturado localizado na região Centro-Oeste paulista (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: FERNANDES, MARIANA ALHER - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SGS
  • Subjects: TALUDES; SOLO ARENOSO; SOLO NÃO SATURADO
  • Keywords: FORMAÇÃO BOTUCATU; CARACTERIZAÇÃO DO SOLO; INSTRUMENTAÇÃO E MONITORAMENTO; MODELAGEM NUMÉRICA
  • Language: Português
  • Abstract: A presença de encostas com solos na condição não saturada é muito comum na região Sudeste brasileira devida às características climáticas e hidrogeológicas regional. Neste caso, o mecanismo de instabilização pode ser basicamente descrito pela redução da coesão aparente provocada pela infiltração da água da chuva, causada pela diminuição ou até mesmo a anulação dos efeitos da sucção matricial, tomando o talude instável. O presente trabalho apresenta um estudo dos mecanismos instabilizadores em um talude de corte composto por solo residual arenoso localizado na Rodovia Luis Augusto de Oliveira (SP-215) no km 179+300 LE, próximo ao município de Ribeirão Bonito, Brasil. Neste trabalho foi realizado um levantamento dos dados e das propriedades do solo (fisica, mecânica e hidráulica) da área piloto utilizando métodos de investigação geológico-geotécnica de superficie (levantamento topográfico de detalhe, caminhamentos) e de subsuperfície (sondagem a trado e poços com coleta de amostras); ensaios de laboratório e de campo (índices físicos do solo, resistência ao cisalhamento, permeabilidade); instrumentação e monitoramento (piezômetro, pluviômetro e tensiômetro) e modelagem numérica (análises da infiltração da água da chuva e de estabilidade de talude). Na área investigada ocorrem solos residuais dos arenitos eólicos da Formação Botucatu (Grupo São Bento, Bacia Sedimentar do Paraná) de idade jurássico-cretácea. As modelagens numéricas realizadas no programa GeoStudio versão 2012 (Seep/W e Slope/W) confirmaram que é possível ocorrer deslizamentos rasos de solo somente pela redução da sucção e perda de coesão aparente. As modelagens do fluxo da água infiltrada no talude apresentaram resultados divergentes das leituras registradas pelos tensiômetros instalados no talude monitorado e os fatores de segurança mostraram seremserem bem superiores ao unitário, mesmo ocorrendo chuvas de alta intensidade pluviométrica. Estas modelagens numéricas também permitiram estabelecer a configuração geométrica crítica (altura e inclinação) para os taludes de corte em solo residual arenoso da Formação Botucatu
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.09.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Mariana Alher; AUGUSTO FILHO, Oswaldo. Estudo dos mecanismos de instabilização em um talude de solo arenoso não saturado localizado na região Centro-Oeste paulista. 2016.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18132/tde-28112016-093540/pt-br.php >.
    • APA

      Fernandes, M. A., & Augusto Filho, O. (2016). Estudo dos mecanismos de instabilização em um talude de solo arenoso não saturado localizado na região Centro-Oeste paulista. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18132/tde-28112016-093540/pt-br.php
    • NLM

      Fernandes MA, Augusto Filho O. Estudo dos mecanismos de instabilização em um talude de solo arenoso não saturado localizado na região Centro-Oeste paulista [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18132/tde-28112016-093540/pt-br.php
    • Vancouver

      Fernandes MA, Augusto Filho O. Estudo dos mecanismos de instabilização em um talude de solo arenoso não saturado localizado na região Centro-Oeste paulista [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18132/tde-28112016-093540/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021