Exportar registro bibliográfico

José de Alencar e Manuel de Jesús Galván: dois indianismos latino-americanos (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: RIO, ANTONIO HENRIQUE MONTERO DEL - PROLAM
  • Unidade: PROLAM
  • Subjects: LITERATURA COMPARADA; ROMANTISMO; INDIANISMO
  • Keywords: Brazilian romanticism; Indianismo latino-americano; Latin American Indianism; Literary prose of the nineteenth century; Prosa literária do século XIX; Romantismo brasileiro; Romantismo Hispano-americano; Spanish American romanticism
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho faz um estudo conjunto e comparativo dos romancistas José Martiniano de Alencar, brasileiro, e Manuel de Jesús Galván, dominicano. Foram analisados os romances O guarani e Iracema, de Alencar, e Enriquillo, de Galván. O objetivo da pesquisa foi demonstrar que a obra indianista dos dois romancistas apresenta como característica comum a criação de um mito fundador da nacionalidade. Em ambos, o mito proposto retrata a formação da América Latina como a fusão do elemento indígena e do elemento ibérico e a adesão aos valores da civilização ocidental trazidos à América pelos europeus. Os pilares que sustentam o edifício da civilização ocidental são a ciência grega, a religião cristã e o direito romano. Os enredos dos romances estão permeados de fatos, conceitos, personagens e episódios que ilustram o projeto inicial que foi implantado pelos portugueses no Brasil e pelos espanhóis na Ilha Hispaniola e demais territórios sob sua tutela, nos primórdios da colonização. Este projeto incluía a transferência para a América de todo o arcabouço institucional que Espanha e Portugal possuíam. José de Alencar e Manuel de Jesus Galván são conservadores, católicos e fiéis às tradições. Seus romances indianistas enaltecem as bases tradicionais sobre as quais se fundaram as sociedades latino-americanas, e refutam as tendências revolucionárias que pretendem solapar as vetustas tradições da civilização ocidental. Idéias revolucionárias que contestam os valores da civilização ocidentalsão vistas pelos romancistas em apreço como algo estranho à índole institucional dos países americanos. Neste sentido, a obra indianista de José de Alencar e de Manuel de Jesús Galván se distingue por um profundo sentimento patriótico, ao identificar os verdadeiros valores nacionais, enaltecê-los e empregá-los na tarefa de plasmar literariamente um mito fundador da nacionalidade. Nos romances indianistas de Alencar e de Galván, o mito fundador da nacionalidade é uma narrativa centrada em personagens excelentes, capazes de fornecer um exemplo à nação. Este exemplo é encontrado na nobreza que caracteriza aqueles personagens e à qual eles pertencem naturalmente por serem os membros de uma elite tradicional surgida espontaneamente e por méritos próprios. Exemplar também é a fé cristã de todos os personagens centrais e seu respeito pelos preceitos da religião. Igualmente exemplar é o respeito às regras de Direito Natural no arcabouço jurídico e institucional descrito pelos romancistas estudados em seus romances de fundação. Realizou-se ainda uma confrontação com a crítica corrente sobre os romancistas estudados com o fim de revelar os equívocos e o anacronismo das apreciações mais difundidas sobre suas obras.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.05.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIO, Antonio Henrique Montero Del; LINDO, Luiz Antonio. José de Alencar e Manuel de Jesús Galván: dois indianismos latino-americanos. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/84/84131/tde-13092016-141451/ >.
    • APA

      Rio, A. H. M. D., & Lindo, L. A. (2016). José de Alencar e Manuel de Jesús Galván: dois indianismos latino-americanos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/84/84131/tde-13092016-141451/
    • NLM

      Rio AHMD, Lindo LA. José de Alencar e Manuel de Jesús Galván: dois indianismos latino-americanos [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/84/84131/tde-13092016-141451/
    • Vancouver

      Rio AHMD, Lindo LA. José de Alencar e Manuel de Jesús Galván: dois indianismos latino-americanos [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/84/84131/tde-13092016-141451/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021