Exportar registro bibliográfico

O tempo geológico nas narrativas de museus de história natural: uma análise comporativa (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: BOMBONATO, REBECA RIBEIRO - MUSEOLOGIA
  • Unidade: MUSEOLOGIA
  • Sigla do Departamento: PPGMUS
  • Subjects: MUSEUS DE CIÊNCIAS NATURAIS; EXPOSIÇÕES MUSEOLÓGICAS; COMUNICAÇÃO MUSEOLÓGICA; TEMPO GEOLÓGICO; EVOLUÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa visa analisar a utilização do tema "Tempo Geológico" nas narrativas de museus de História Natural através da análise da análise de exposições em museus em quatro países: Alemanha, o Museum für Naturkunde de Berlim; Inglaterra, o Natural History Museum, em Londres; França, o Muséum National d'Histoire Naturrelle de Paris; Brasil, o Museu de Ciências Naturais e Museu de Ciência e Tecnologia, ambos em Porto Alegre. Foram analisadas três exposições no Museu em Berlim: "Mundo dos Dinossauros" (Saurierwelt), "Cosmos e o Sistma Solar" (Kosmos und Sonnesystem) e "Evolução em Ação" (Evoluion in Aktion). No Museu de Londres, foi estudada uma exposição na zona vermelha, "Desde o Início" (From the beginning). No museu francês, duas galerias foram estudadas, a Grande Galerie d'Evolution and a Galerie d'Anatomie comparée et Paléontologie. A primeira Galeria, a exposição "Evolução da vida" (L'evolução de la vie) foi estudada, enquanto na Galeria de Paleontologia, foram analisadas as exposições "Os Vertebrados" (Les Vertèbres) e "Os Invertebrados" (Les Invertébrès). No Museu de Ciências Naturais em Porto Alegre, a exposição permanente foi explorada, em que a evolução da vida na Terra é o foco. Quanto ao Museu de Ciência e Tecnologia, foram analisadas as exposições "Planeta Terra" e "Milhões de Anos". É proposta uma análise quantitativa utilizando os dados da documentação literatura e disponíveis, bem como registros das exposições. Museus de História Natural tem um papel importante como instituições de extensão, apresentando os processos naturais da Terra. O Tempo Geológico é uma ferramenta chave para esse entendimento. O objetivo da presente pesquisa é comparar diferentes exposiçoes ( sua forma, organização e narrativas) para avaliar a abordagem deTempo Geológico e também o seu potencial de integração normalmente tratados como áreas separadas em instituições de História Natural: Ciências da Terra e ciências da vida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.08.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BOMBONATO, Rebeca Ribeiro; LADIM, Maria Isabel. O tempo geológico nas narrativas de museus de história natural: uma análise comporativa. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/103/103131/tde-09092016-143212/ >.
    • APA

      Bombonato, R. R., & Ladim, M. I. (2016). O tempo geológico nas narrativas de museus de história natural: uma análise comporativa. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/103/103131/tde-09092016-143212/
    • NLM

      Bombonato RR, Ladim MI. O tempo geológico nas narrativas de museus de história natural: uma análise comporativa [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/103/103131/tde-09092016-143212/
    • Vancouver

      Bombonato RR, Ladim MI. O tempo geológico nas narrativas de museus de história natural: uma análise comporativa [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/103/103131/tde-09092016-143212/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021