Exportar registro bibliográfico

De caçadores a caça: sobas, Diamang e o Museu do Dundo (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: BEVILACQUA, JULIANA RIBEIRO DA SILVA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Subjects: MINERAÇÃO DE PEDRAS PRECIOSAS; DIAMANTE; COLONIALISMO; MUSEUS
  • Keywords: Colonialismo português; Companhia de Diamantes de Angola; Museu do Dundo; Portuguese colonialismo; Sobas
  • Language: Português
  • Abstract: Nesta tese de doutorado temos por objetivo compreender as relações estabelecidas entre sobas, a Companhia de Diamantes de Angola(Diamang) e o Museu do Dundo entre 1936, ano de criação do Museu, e 1961, ano em que se deu início às lutas anticoloniais em Angola. Se a instalação da Diamang em uma vasta área da Lundaalguns anos após a descoberta de diamantes, em 1912, contou com revoltas lideradas por sobas da região contrários às suas operações,o processo que levou os chefes locais a se tornarem colaboradores dessa Companhia envolveu uma série de negociações diretas com esses homens sem a utilização do uso da força militar. Com os anos e ciente de que a manutenção das boas relações com os sobas era vital para o seu bom funcionamento,a Companhia de Diamantes de Angola criou um sistema de recompensas para beneficiar simbólica e materialmente os chefes considerados colaboradores.O Museu do Dundo assumiu um lugar central para a distribuição dos presentes e se tornou fundamental nas relações entre os sobas e aDiamang. A partir da análise dos objetivos e ações do Museu, e do processo de formação de seu próprio acervo, esta pesquisa pretende revelar e compreender as estratégias e os sentidos da complexa rede de relações que marcaram as negociações entre as populações locais, representadas pelos sobas, e os interesses dessas instituições. Considerado um símbolo da presença colonial portuguesa na África, o Museu do Dundo tinha como principal objetivo a preservação da cultura dos povosda Lunda. No entanto, a investigação de suas atividades procurou demonstrar que seus reais propósitos se alinhavam diretamente com os interesses comerciais e exploratórios da Diamang e da administração colonial portuguesa.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.04.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BEVILACQUA, Juliana Ribeiro da Silva; SOUZA, Marina de Mello e. De caçadores a caça: sobas, Diamang e o Museu do Dundo. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-25082016-132727/ >.
    • APA

      Bevilacqua, J. R. da S., & Souza, M. de M. e. (2016). De caçadores a caça: sobas, Diamang e o Museu do Dundo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-25082016-132727/
    • NLM

      Bevilacqua JR da S, Souza M de M e. De caçadores a caça: sobas, Diamang e o Museu do Dundo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-25082016-132727/
    • Vancouver

      Bevilacqua JR da S, Souza M de M e. De caçadores a caça: sobas, Diamang e o Museu do Dundo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-25082016-132727/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021