Exportar registro bibliográfico

Supercondutividade na solução sólida (`Nb IND.1-X´`Zr IND.X´) B (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: ABUD, FÁBIO SANTOS ALVES - IF
  • Unidade: IF
  • Sigla do Departamento: FMT
  • Subjects: SUPERCONDUTIVIDADE; FÍSICA DO ESTADO SÓLIDO; NIÓBIO; BORO
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho trata do estudo sistemático acerca de supercondutividade em soluções sólidas de monoboretos formados por nióbio e zircônio. Amostras policristalinas de Nb1-xZrxB, com 0 ≤ x ≤ 0,2, de boretos ricos em nióbio Nb1-zBz e ricos em boro NbB1+δ foram preparadas através de um forno a arco elétrico sobre uma base de Cu refrigerada e sob atmosfera de Argônio de alta pureza, ao misturar os elementos Nb em lâminas, flocos de B e pedaços de Zr metálico, com alta pureza. Adicionalmente, algumas amostras foram introduzidas em uma ampola de quartzo com pressão parcial de Argônio e tratadas termicamente à temperatura de 1100 °C durante 150 h. As caracterizações das propriedades físicas dessas amostras foram conduzidas através de medidas de difração de raios-X, dependência com a temperatura e campos magnéticos da magnetização dc M(T, H), resistência elétrica R(T, H) e calor específico Cp(T, H). Também foram obtidas micrografias de algumas amostras, ao utilizar microscopia eletrônica de varredura (MEV). Pequenas perdas de massa foram observadas em todas as amostras como fundidas, ocasionando a formação de soluções sólidas do tipo Nb-B (Nbss) e/ou Nb1-yZry como fases secundárias, apresentando pequenas frações volumétricas. O limite de solubilidade de Zr na matriz NbB é sugerido estar próximo à concentração de 10 %at. Zr. Com exceção do composto rico em boro NbB1,2, todas amostras, como fundidas ou tratadas termicamente, apresentaram propriedades supercondutoras, sendo que o composto estequiométrico NbB exibe uma temperatura crítica supercondutora Tc ~ 9 K, que por sua vez é muito similar àquela conhecida para o nióbio elementar, com Tc ~ 9,2 K. Algumas inconsistências surgem caso a fase ortorrômbica Nb1-xZrxB seja considerada supercondutora, apesar de ser confirmada como a fase majoritária nos padrões de difração de raios-X dessas amostras. (CONTINUA)(CONTINUAÇÃO) Tal fato é sugerido pela enorme diferença entre as frações Meissner nas curvas de susceptibilidade magnética χ(T) de amostras volumétricas e pulverizadas, baixos valores do salto no calor específico em comparação com o previsto pela teoria BCS com acoplamento fraco e a ausência de supercondutividade em um espécime (NbB1,2) no qual a fase NbB é preponderante. Deste modo, os resultados aqui discutidos sugerem que o composto NbB não é supercondutor, em oposição ao que fora reportado previamente, e que as propriedades supercondutoras da solução sólida Nb1-xZrxB são governadas pela presença de fases secundárias supercondutoras do tipo Nbss/Nb1-yZry.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.08.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ABUD, Fábio Santos Alves; JARDIM, Renatode Figueiredo. Supercondutividade na solução sólida (`Nb IND.1-X´`Zr IND.X´) B. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/43/43134/tde-08092016-103822/pt-br.php >.
    • APA

      Abud, F. S. A., & Jardim, R. F. (2016). Supercondutividade na solução sólida (`Nb IND.1-X´`Zr IND.X´) B. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/43/43134/tde-08092016-103822/pt-br.php
    • NLM

      Abud FSA, Jardim RF. Supercondutividade na solução sólida (`Nb IND.1-X´`Zr IND.X´) B [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/43/43134/tde-08092016-103822/pt-br.php
    • Vancouver

      Abud FSA, Jardim RF. Supercondutividade na solução sólida (`Nb IND.1-X´`Zr IND.X´) B [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/43/43134/tde-08092016-103822/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021