Exportar registro bibliográfico

O português de herança em território fronteiriço: a LH em Olivença como arma para preservação de um grupo minoritário (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: SARTIN, ELISANGELA BAPTISTA DE GODOY - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: LÍNGUA DE HERANÇA; GRUPOS ÉTNICOS; SOCIOLINGUÍSTICA
  • Keywords: Sense of belonging; Sentimento de pertença; Sociolinguistic community; Comunidade sociolinguística; Cultural resilience; Resiliência cultural
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo investigar a língua portuguesa nativa e de herança sobreviventes em território fronteiriço de língua oficial espanhola. Como locus de pesquisa selecionamos Olivença, uma cidade da Espanha em que a língua portuguesa se faz em situações específicas de uso. A relevância desta pesquisa traduz-se no fato de que espaços fronteiriços mantêm sobrepostas em espaços geográficos contíguos algumas realidades que se sobrepõem: a realidade da oficialidade linguística e a realidade do sentimento de pertença sociolinguística. Nesta tese, partimos da identificação, em trabalho de campo, da presença da língua portuguesa no território atualmente espanhol (mas historicamente português) e na constatação de que há uma flutuação de identificação-identidade linguística. No espaço geográfico em que fizemos incursão científica, duas cidades sobrepõem-se historicamente e duas geografias políticas, por outro lado, avizinham-se e roçam-se continuamente. Ao tomar contato com essa cidade, hipotetizamos que o sentimento de pertença linguística estaria presente entre os falantes mais velhos, que manteriam a herança de traços lusitanos em sua comunicação, mesmo ao falar o espanhol. A justificativa é que, logo de chegada, já avistáramos recintos comerciais com nomes portugueses e, contrariamente, não ouvíamos o som lusitano nas ruas. Sabemos que o domínio espanhol numa cidade outrora portuguesa tenderia a apagar vestígios portugueses. No entanto, em grupos íntimospressupúnhamos o português como língua corrente. Durante o trabalho de campo, identificamos fortes valores culturais sendo empunhados como armas de resistência entre descendentes de portugueses, fazendo correr numa velocidade acentuada a reorganização dos valores lusitanos em redutos da cidade espanhola. Essa força e essa velocidade pareciam ser as molas propulsoras de uma mudança linguística muito sorrateira, que impactava o sentimento de unidade de um segmento social da comunidade sociolinguística. Isso nos inspirou a dar um passo investigativo seguinte em direção aos mais jovens, que tinham o espanhol como língua materna, mas tinham o português como língua de herança. À pergunta central sobre a força do português como língua de herança buscamos respostas por meio de duas outras questões mais indiretas feitas aos sujeitos entrevistados: será que os mais jovens percebiam-se como portugueses? será que os elementos culturais lusitanos presentes nas ruas eram reconhecidos como vinculados à língua de herança? Foi assim que passamos a recolher pistas sobre os traços de resiliência do português como língua incrustada na região espanhola de Olivença.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.03.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SARTIN, Elisangela Baptista de Godoy; BUSCASSO, Virginia Bertolotti; HERNANDES, Maria Célia Pereira Lima. O português de herança em território fronteiriço: a LH em Olivença como arma para preservação de um grupo minoritário. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-06062016-120632/ >.
    • APA

      Sartin, E. B. de G., Buscasso, V. B., & Hernandes, M. C. P. L. (2016). O português de herança em território fronteiriço: a LH em Olivença como arma para preservação de um grupo minoritário. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-06062016-120632/
    • NLM

      Sartin EB de G, Buscasso VB, Hernandes MCPL. O português de herança em território fronteiriço: a LH em Olivença como arma para preservação de um grupo minoritário [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-06062016-120632/
    • Vancouver

      Sartin EB de G, Buscasso VB, Hernandes MCPL. O português de herança em território fronteiriço: a LH em Olivença como arma para preservação de um grupo minoritário [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-06062016-120632/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021