Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Hortas urbanas e a construção de ambientes promotores da alimentação adequada e saudável (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: GARCIA, MARIANA TARRICONE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • DOI: 10.11606/T.6.2016.tde-31082016-145506
  • Subjects: PROMOÇÃO DA SAÚDE; SEGURANÇA ALIMENTAR; EDUCAÇÃO ALIMENTAR E NUTRICIONAL; AGRICULTURA; ESPAÇO URBANO; ABASTECIMENTO DE ALIMENTOS; HORTAS
  • Keywords: Agricultura Urbana; Segurança Alimentar e Nutricional
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A alimentação é culturalmente e socialmente construída e é um direito humano básico, além de ser influenciada por determinantes sociais, do acesso, do ambiente e do sistema alimentar. Frequentemente, indivíduos que vivem em meios urbanos estão desconectados do ciclo de vida dos alimentos. As hortas urbanas promovem um aprendizado coletivo por meio da vivência e da experimentação e podem ser vistas como um espaço repleto de oportunidades para a prática da alimentação adequada e saudável. Objetivos: 1) Identificar e sintetizar os estudos publicados entre 2005 e 2015 que avaliaram a influência da participação em hortas urbanas em desfechos relacionados à alimentação e nutrição entre adultos e idosos; 2) Descrever as práticas de aquisição de frutas e hortaliças de moradores de áreas periféricas da região metropolitana de São Paulo e como eles percebem o acesso a estes alimentos naqueles ambientes; e 3) Descrever as influências na alimentação decorrentes da experiência de crianças com o cultivo de alimentos em hortas escolares. Métodos: Tese composta por três manuscritos. No primeiro foi realizada uma revisão sistemática dos estudos publicados entre 2005 e 2015, selecionados a partir da busca em cinco bases de dados, envolvendo adultos e/ou idosos não institucionalizados participantes de hortas urbanas que apresentassem resultados na alimentação. No segundo manuscrito foram realizadas entrevistas com indivíduos residentes em regiões adstritas a quatro Unidades Básicas de Saúde de um município da região metropolitana de São Paulo. No terceiro foram realizadas entrevistas com educadores e pais de educandos de três escolas do mesmo município que possuíam hortas escolares.Resultados: Os estudos incluídos na revisão sistemática apontaram que das experiências com hortas urbanas foram identificados eixos temáticos relacionados à alimentação adequada e saudável como: maior consumo de frutas e hortaliças, maior acesso a alimentos saudáveis, maior reconhecimento da culinária, o compartilhamento da colheita com familiares e amigos, valorização da produção orgânica e apropriação da importância da alimentação adequada e saudável. Em relação às entrevistas com os moradores, estes destacaram o abastecimento insuficiente de frutas e hortaliças, a demanda por mais variedade destes alimentos, a insuficiência de equipamentos que comercializem maior variedade de frutas e hortaliças, a associação da alimentação adequada e saudável a preços altos e a diminuição do número de feiras livres atribuída ao surgimento dos supermercados. Já as hortas escolares trouxeram elementos para reflexão sobre o ato de se alimentar e sobre os alimentos, pelo conhecimento que o contato direto com o cultivo produziu, e provocou mudanças não apenas nas crianças, mas também nas famílias envolvidas com as atividades. Isso se refletiu em mudanças concretas na alimentação, maior conhecimento sobre os alimentos e sobre o sistema alimentar, além de uma maior valorização dos alimentos produzidos e de um estímulo maior para experimentar novos alimentos. Conclusões: O ambiente alimentar pode constituir um fator restritivo à prática da alimentação adequada e saudável. Neste sentido, as hortas urbanas, por meio do contato com a natureza, sensibilização para o ato de se alimentar e maior acesso às frutas e hortaliças, contribuem para a promoção da alimentação adequada e saudável.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.08.2016
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2016.tde-31082016-145506 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GARCIA, Mariana Tarricone; BÓGUS, Claudia Maria. Hortas urbanas e a construção de ambientes promotores da alimentação adequada e saudável. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/T.6.2016.tde-31082016-145506 > DOI: 10.11606/T.6.2016.tde-31082016-145506.
    • APA

      Garcia, M. T., & Bógus, C. M. (2016). Hortas urbanas e a construção de ambientes promotores da alimentação adequada e saudável. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/T.6.2016.tde-31082016-145506
    • NLM

      Garcia MT, Bógus CM. Hortas urbanas e a construção de ambientes promotores da alimentação adequada e saudável [Internet]. 2016 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2016.tde-31082016-145506
    • Vancouver

      Garcia MT, Bógus CM. Hortas urbanas e a construção de ambientes promotores da alimentação adequada e saudável [Internet]. 2016 ;Available from: https://doi.org/10.11606/T.6.2016.tde-31082016-145506


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021