Exportar registro bibliográfico

Avaliação da produção e viabilidade de esporos de Bacillus atrophaeus ATCC9372 utilizando resíduos do processamento de suco de laranja (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: LENHARDT, ELIZANDRA HERTEL - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBT
  • Subjects: MICROBIOLOGIA APLICADA; RESÍDUOS AGRÍCOLAS; ESPOROS BACTERIANOS
  • Language: Português
  • Abstract: O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de suco de laranja, da mesma forma que a produção é elevada, a geração de resíduos também é significativa. Sabe-se que estes resíduos, os quais incluem sementes, cascas e restos de polpa são ricos em nutrientes que poderiam ser utilizados como substrato por micro-organismos, seja para o crescimento ou para a obtenção de subprodutos. Esporos de Bacillus atrophaeus ATCC 9372 são utilizados como indicadores biológicos, IBs, em processos térmicos por formarem esporos termorresistentes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso de resíduos do processamento de suco de laranja como um meio de cultura alternativo para obtenção de esporos de B. atrophaeus, para serem aplicados em processos industriais. Ao bagaço de laranja (de 1,0 g a 20,0 g), obtido por processamento em centrífuga de frutas, foram adicionados 100 mL de água, e incubados a 150 rpm / 37ºC por até 6 dias. Evidenciada a viabilidade de crescimento celular (´µIND.máx´ = 0,0238 ´HPOT.-1´ e Px = 0,0787 g/L.h, para 5,0 g de bagaço) procedeu-se ao estudo de planejamento experimental fatorial ´2POT.2´ em formato estrela com 6 pontos centrais, considerando a concentração de bagaço e o volume de meio. Foram determinados os valores de pH, de biomassa, de esporos viáveis e a resistência térmica dos mesmos a 102ºC. Observou-se que houve aumento nos valores de pH após o cultivo e que as maiores concentrações de esporos foram de 1,73 x ´10POT.9´ esporos /mL e 5,75 x ´10POT.9´ esporos /mL após 3 e 6 dias de cultivo e os tempos de redução decimal determinados variaram de ´DIND.102C´ = 0,92 min a ´DIND.102C´ = 2,71 min e de ´DIND.102C´ = 1,34 min a ´DIND.102C´ = 3,98 min após 3 e 6 dias de cultivo, respectivamente. Com base no planejamento proposto e a análise de regressão, o desenvolvimento de esporos em bagaço segue a relação: Esporos = {-1,15 + 0,0303*[bagaço (g)] - 0,00611* [volume (mL)] + 0,611* [tempo (dias)]}, p=0,000, ´RPOT.2´ =0,452, sendo o tempo (p=0,000) o fator de maior influência na formação de esporos. Os meios preparados com bagaço de laranja apresentaram-se viáveis para a produção de esporos de B. atrophaeus termorresistentes, produto de interesse farmacêutico e industrial, agregando valor ao resíduo que seria descartado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.05.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LENHARDT, Elizandra Hertel; ISHII, Marina. Avaliação da produção e viabilidade de esporos de Bacillus atrophaeus ATCC9372 utilizando resíduos do processamento de suco de laranja. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-12082016-091342/ >.
    • APA

      Lenhardt, E. H., & Ishii, M. (2016). Avaliação da produção e viabilidade de esporos de Bacillus atrophaeus ATCC9372 utilizando resíduos do processamento de suco de laranja. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-12082016-091342/
    • NLM

      Lenhardt EH, Ishii M. Avaliação da produção e viabilidade de esporos de Bacillus atrophaeus ATCC9372 utilizando resíduos do processamento de suco de laranja [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-12082016-091342/
    • Vancouver

      Lenhardt EH, Ishii M. Avaliação da produção e viabilidade de esporos de Bacillus atrophaeus ATCC9372 utilizando resíduos do processamento de suco de laranja [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-12082016-091342/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021