Exportar registro bibliográfico

Diamino fluoreto de prata - uma nova proposta para o tratamento não operatório de lesões proximais em molares decíduos: estudo clínico randomizado (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: MATTOS-SILVEIRA, JULIANA - FO
  • Unidade: FO
  • Sigla do Departamento: ODO
  • Subjects: CÁRIE DENTÁRIA; DENTE DECÍDUO; FLUORETO; FIO DENTAL
  • Keywords: Cárie dentária; Caries resin infiltration; Dental caries; Dental floss; Dente decíduo; Diamino fluoreto de prata; Fio dental; Infiltrante resinoso de cárie; Primary teeth; Silver diamine fluoride
  • Language: Português
  • Abstract: Este ensaio clínico randomizado, cego e controlado com placebo teve como objetivo principal avaliar a eficácia do diamino fluoreto de prata (DFP) a 30% no tratamento não operatório de lesões de cárie em superfícies proximais de molares decíduos e compará-la a eficácia do infiltrante resinoso e a do controle do biofilme interproximal pelo uso do fio dental. Além disso, também avaliou a custo-eficácia e o desconforto dos tratamentos e a satisfação dos participantes quanto ao tratamento recebido. Para isso, foram selecionadas 141 crianças entre 3 e 10 anos de idade, que apresentavam pelo menos uma superfície proximal com lesão de cárie clinicamente em esmalte. A alocação dos participantes foi aleatória, de acordo com o tratamento: DFP a 30%, infiltrante resinoso de cárie e orientação para o uso diário do fio dental (controle). Todos os participantes receberam o tratamento ativo para os quais foram alocados e também o placebo dos tratamentos realizados nos outros grupos. Os custos dos materiais utilizados nos tratamentos foram registrados. Ao final da consulta de tratamento, foi aplicada aos participantes a Escala Facial de Wong-Baker para avaliação do desconforto. Os responsáveis pelos participantes, que concluíram o seguimento da pesquisa, responderam a um questionário de satisfação sobre o tratamento recebido. As crianças foram examinadas após 1 mês para avaliação de higiene bucal e também de presença de biofilme nas superfícies tratadas. Após 6, 12 e 24 meses, foramrealizados exames visual e tátil para verificar a progressão das lesões tratadas, além de exame radiográfico aos 12 e 24 meses. Para avaliar a eficácia dos tratamentos, consideraram-se como desfechos: (I) qualquer progressão clínica da lesão tratada e (II) progressão para cavidade em dentina. A progressão radiográfica foi utilizada como um desfecho secundário e para comparar com o padrão clínico de progressão das lesões. Análises de regressão foram realizadas para verificar se os grupos de tratamento influenciaram os desfechos testados após 12 e 24 meses de seguimento (análise por protocolo - Poisson multinível e análise de sobrevida). Valores pontuais de custo-eficácia dos tratamentos foram calculados e, para comparar a custo-eficácia da implementação do uso do DFP em relação às outras opções testadas foi utilizada a razão de custo-eficácia incremental. Análises de regressão de Poisson foram utilizadas para verificar a associação entre o desconforto e variáveis explicativas. A satisfação dos participantes e seus responsáveis foi explorada descritivamente. Um total de 316 superfícies proximais foram incluídas, sendo a maioria classificada como escore 2 do ICDAS (Sistema Internacional de Detecção e Avaliação de Cárie) associadas à ausência de imagem radiográfica (46,8%). As perdas de seguimento foram de 15% e 24% aos 12 e 24 meses, respectivamente. Não houve associação entre o grupo de tratamento e a progressão das lesões aos 12 e 24 meses, tanta pela análise por protocolocomo pela análise de sobrevida. A taxa de progressão clínica das lesões para cavidade em dentina foi de 2,5% aos 12 meses e de 5,6% aos 24 meses. As lesões que não apresentavam imagem radiográfica inicial não progrediram para o 1/3 médio de dentina ou mais. A condição clínica inicial das lesões foi associada à progressão das lesões em todas as análises. Já o risco de cárie foi associado à progressão das lesões aos 24 meses e também na análise de sobrevida. O tratamento com infiltrante resinoso apresentou o custo mais elevado, fazendo com que o tratamento com DFP apresentasse melhor relação custo-eficácia do que este primeiro. Os participantes tratados com o DFP e os que receberam orientação para o uso do fio dental relataram menor desconforto do que os tratados com o infiltrante resinoso. Os responsáveis se mostraram satisfeitos com o tratamento recebido, independentemente do grupo ao qual foram alocados. Conclui-se que o tratamento com DFP é tão eficaz quanto o infiltrante resinoso e a orientação para o uso do fio dental no controle das lesões iniciais em proximal de molares decíduos. No entanto, causa menor desconforto e apresenta custo-eficácia superior ao infiltrante resinoso, devendo ser preferível para superfícies proximais de molares decíduos, em situações nas quais o tratamento dessas lesões possa ser necessário, como por exemplo, pacientes com experiência de cárie
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.04.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MATTOS-SILVEIRA, Juliana; FRAGA, Mariana Minatel Braga. Diamino fluoreto de prata - uma nova proposta para o tratamento não operatório de lesões proximais em molares decíduos: estudo clínico randomizado. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-08082016-104859/ >.
    • APA

      Mattos-Silveira, J., & Fraga, M. M. B. (2016). Diamino fluoreto de prata - uma nova proposta para o tratamento não operatório de lesões proximais em molares decíduos: estudo clínico randomizado. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-08082016-104859/
    • NLM

      Mattos-Silveira J, Fraga MMB. Diamino fluoreto de prata - uma nova proposta para o tratamento não operatório de lesões proximais em molares decíduos: estudo clínico randomizado [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-08082016-104859/
    • Vancouver

      Mattos-Silveira J, Fraga MMB. Diamino fluoreto de prata - uma nova proposta para o tratamento não operatório de lesões proximais em molares decíduos: estudo clínico randomizado [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23132/tde-08082016-104859/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021