Exportar registro bibliográfico

O papel das organizações da sociedade civil na política pública de assistência social no Brasil: dilemas e tensões na provisão de serviços (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated author: BRETTAS, GABRIELA HORESH - EACH
  • School: EACH
  • Subjects: ASSISTÊNCIA SOCIAL; POLÍTICAS PÚBLICAS; ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO
  • Keywords: Civil society organizations; Provisão de serviços; Provision of services; Sistema Único de Assistência Social; Social assistance; Unified Social Assistance System
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação discute os dilemas e tensões envolvidos na provisão de serviços socioassistenciais por atores não-estatais, por meio da compreensão da atual dinâmica de papeis e relações entre Estado e organizações da sociedade civil (OSC) na área da assistência social no Brasil, sobretudo frente às reconfigurações na política nacional ocorridas no período recente (a partir dos anos 2000) o que tem como marco o Sistema Único da Assistência Social (SUAS). Para tal, buscou-se analisar o processo de constituição do papel das OSC na área da assistência social no Brasil no último século, identificando os efeitos dos principais marcos temporais e normativos desta trajetória, para, assim, discutir o significado da criação e implementação do SUAS no que se refere às relações entre Estado e OSC; além disso, pretendeu-se identificar as diferentes concepções a respeito do atual papel das OSC na política pública de assistência social. Entre as principais tendências e resultados identificados, observou-se uma expressiva participação das OSC na composição (junto com o poder público) da oferta de serviços do SUAS, realidade esta bastante heterogênea territorialmente no país. É possível destacar também um processo de mudança de concepções hegemônicas a respeito da participação privada na oferta dos serviços do SUAS ao longo do processo de implementação deste sistema, com crescente reconhecimento, legitimação e, sobretudo, regulamentação de sua atuação na lógica dessa política nacional. (continua)(continuação) Apesar do intenso esforço de regulamentação da atuação das OSC na política pública de assistência social, observou-se que o modo como os direcionamentos do SUAS são implementados por elas não é uniforme e pode envolver diferentes dinâmicas, que variam de acordo com os perfis organizacionais, os recursos de poder e os contextos territoriais e institucionais locais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.04.2016
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRETTAS, Gabriela Horesh; BICHIR, Renata Mirandola. O papel das organizações da sociedade civil na política pública de assistência social no Brasil: dilemas e tensões na provisão de serviços. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100138/tde-27072016-103637/ >.
    • APA

      Brettas, G. H., & Bichir, R. M. (2016). O papel das organizações da sociedade civil na política pública de assistência social no Brasil: dilemas e tensões na provisão de serviços. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100138/tde-27072016-103637/
    • NLM

      Brettas GH, Bichir RM. O papel das organizações da sociedade civil na política pública de assistência social no Brasil: dilemas e tensões na provisão de serviços [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100138/tde-27072016-103637/
    • Vancouver

      Brettas GH, Bichir RM. O papel das organizações da sociedade civil na política pública de assistência social no Brasil: dilemas e tensões na provisão de serviços [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/100/100138/tde-27072016-103637/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022