Exportar registro bibliográfico

Hegemonia do discurso científico contábil no Brasil (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: ARAGÃO, IRACEMA RAIMUNDA BRITO NEVES - FEA
  • Unidade: FEA
  • Sigla do Departamento: EAC
  • Subjects: ARGUMENTAÇÃO; CONTABILIDADE; HEGEMONIA
  • Keywords: Discurso científico; Accounting - Research; Argumentation; Hegemony; Scientific discourse
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo que perseguimos nesta pesquisa foi conhecer especificidades do discurso subjacente às publicações da área contábil a fim de verificar como elas contribuem para o que poderíamos chamar de cultura escrita da área. Secundariamente, buscamos conhecer as identidades/ideologias que emergem da política editorial do contexto da investigação, Revista Contabilidade e Finanças (RC&F), bem como as decorrentes de instituições e fontes de pesquisa representadas pela visão de mundo dos pesquisadores que exercem influência intelectual sobre a concepção de ciência traduzida por esse periódico. A investigação se fundamentou na visão tridimensional de discurso que emerge da Análise do Discurso (AD) de tradição anglo-saxônica de Fairclough (2008) - texto, prática discursiva e prática social. Essa AD considera o discurso como construção histórica e social, apropriando-se de conhecimentos da linguística para evidenciar, no caso específico desta investigação, marcas textuais impactantes na concepção hegemônica de ciência na área contábil. O corpus examinado foi selecionado dos 355 artigos publicados nos últimos 15 anos da RC&F online: inicialmente, identificamos a linha de pesquisa hegemônica (Linha 2 - Contabilidade para usuários externos), em seguida, identificamos agrupamentos em função da Abordagem Temática (AT) para determinar proximidade ideológica dos textos, sem perder o foco na atualidade do discurso produzido. Os resultados revelaram que o discurso emergente dos artigos possui léxico técnico, fundamentado na área Contábil e afins, Administração e Economia, além da Matemática, Estatística e do Direito. Há prevalência de termos com polaridade semântica positiva, estrangeirismos e fragilidade no emprego de alguns argumentos de coesão textual. Como interessa-nos o contínuo aperfeiçoamento dos discursos científicos para fortalecimento da cultura escrita da área, focamos os operadores de argumentaçãopara identificar elementos hegemônicos na tessitura desse discurso. Detectamos superficialidade crítica e reflexiva, uso inapropriado de operadores argumentativos e apoio contínuo em intertextos que acabam homogeneizar o discurso analisado. Há prevalência de ideologia normativa e técnica, pouco ou nada interdisciplinar, com tímida potencialidade de provocar inquietações ou trazer efetivas contribuições à cultura escrita da área. O texto com prática discursiva e social acaba por gerar uma hegemonia fundada no silenciamento dos pesquisadores, e conseguinte reprodução e pactuação com o óbvio, distanciamento de teorias e fuga da criticidade e da realidade social circundante. Tal fato é ratificado pela opinião estabelecida por pesquisadores experientes da área, os quais consideram o discurso científico contábil como: desestruturado, acrítico, intuitivo, imaturo, moldado e descomprometido com a realidade social.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.05.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARAGÃO, Iracema Raimunda Brito Neves; MARTINS, Gilberto de Andrade. Hegemonia do discurso científico contábil no Brasil. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-25072016-164253/ >.
    • APA

      Aragão, I. R. B. N., & Martins, G. de A. (2016). Hegemonia do discurso científico contábil no Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-25072016-164253/
    • NLM

      Aragão IRBN, Martins G de A. Hegemonia do discurso científico contábil no Brasil [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-25072016-164253/
    • Vancouver

      Aragão IRBN, Martins G de A. Hegemonia do discurso científico contábil no Brasil [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12136/tde-25072016-164253/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021