Exportar registro bibliográfico

Remoção de microalgas por pré-ozonização e flotação por ar dissolvido (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: VIEIRA, RODRIGO - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: FLOTAÇÃO; MICROALGAS
  • Keywords: OZONIZAÇÃO; FOTOBIORREATORES
  • Language: Português
  • Abstract: Espécies de microalgas como Chlorella sorokiniana têm sido investigadas para as mais variadas aplicações como biocombustíveis, nutrição e a recuperação de nutrientes. Entretanto, a separação de microalgas do meio líquido permanece um desafio tanto técnico quanto econômico. O objetivo deste trabalho é propor e investigar a utilização de pré-ozonização e flotação por ar dissolvido para a separação sólido-líquido de Chlorella sorokiniana cultivada em meio padrão M8a em fotobiorreator flat panel, utilizando polímero catiônico à base de poliacrilamida como coagulante. Primeiramente, foi avaliado o sistema de tratamento com flotação por ar dissolvido, que foi otimizada em escala de laboratório visando eficiência de remoção de algas e flexibilização do sistema. Utilizando dosagens de polímero catiônico de 10 mg/L obteve-se remoções de cor aparente, turbidez e densidade óptica próximas de 95% em pH 7. Posteriormente, a etapa de mistura lenta foi retirada do sistema, a razão de recirculação foi diminuída de 10 para 4% e após essas alterações, obteve-se remoção de microalgas acima de 90% para dosagem de polímero de 10 mg/L. Para analisar o efeito da pré-ozonização a dosagem de polímero catiônico foi reduzida para 7 mg/L, e observou-se que com FAD esta dosagem removeu 81,12% de turbidez, e após pré-ozonização por 5 minutos seguida de FAD a eficiência de remoção de turbidez chegou a 91,78% e remoção de cor aparente aumentou 6,25%. A utilização da pré-ozonização permitiu utilização de velocidades de flotação da ordem de 24 cm/min sem prejuízo da eficiência de remoção de cor, turbidez e densidade óptica. Observou-se que a pré-ozonização demonstra efeitos positivos no sistema de tratamento, mas constatou-se uma dosagem ótima de ozônio, e que a partir desta dosagem a eficiência do tratamento pode ser prejudicada.Foi constatado que uma possível explicação para esse fato seja a liberação de matéria orgânica algal após pré-ozonização, em dosagens acima do valor ótimo de dosagem de ozônio
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.06.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIEIRA, Rodrigo; REALI, Marco Antônio Penalva. Remoção de microalgas por pré-ozonização e flotação por ar dissolvido. 2016.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-28032017-104717/pt-br.php >.
    • APA

      Vieira, R., & Reali, M. A. P. (2016). Remoção de microalgas por pré-ozonização e flotação por ar dissolvido. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-28032017-104717/pt-br.php
    • NLM

      Vieira R, Reali MAP. Remoção de microalgas por pré-ozonização e flotação por ar dissolvido [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-28032017-104717/pt-br.php
    • Vancouver

      Vieira R, Reali MAP. Remoção de microalgas por pré-ozonização e flotação por ar dissolvido [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-28032017-104717/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021