Exportar registro bibliográfico

Caracterização do potencial evocado auditivo cortical P1-N1-P2 em crianças com estimulação bimodal (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RODRIGUES, AMANDA GIORGETTO - FOB
  • Unidades: FOB
  • Sigla do Departamento: BAF
  • Subjects: IMPLANTE DA CÓCLEA; POTENCIAIS EVOCADOS; AUXILIARES DE AUDIÇÃO; ESTIMULAÇÃO AUDITIVA
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O implante coclear (IC) amplamente aceito como forma de intervenção e (re) habilitação nas perdas auditivas severas e profundas nas diversas faixas etárias. Contudo observa-se no usuário do IC unilateral queixas como localização e compreensão sonora em meio ao ruído, gerado pelo padrão anormal de estimulação sensorial. A fim de fornecer os benefícios da audição binaural, é preconizado a estimulação bilateral, seja por meio do IC bilateral ou com a adaptação de um aparelho de amplificação sonora individual (AASI) contralateralmente ao IC. Esta última condição é referida como estimulação bimodal, quando temos, concomitantemente dois modos de estimulação: Elétrica (IC) e acústica (AASI). Não há dados suficientes na literatura voltados à população infantil que esclareça ou demonstre o desenvolvimento do córtex auditivo na audição bimodal. Ressalta-se que não foram encontrados estudos em crianças. Objetivo: Caracterizar o PEAC complexo P1, N1 P2 em usuários da estimulação bimodal e verificar se há correlação com testes de percepção de fala. Metodologia: Estudo descritivo de séries de casos, com a realização do PEAC em cinco crianças usuárias da estimulação bimodal, a partir da metodologia proposta por Ventura (2008) utilizando o sistema Smart EP USB Jr da Intelligent Hearing Systems. Foi utilizado o som de fala /da/, apresentado em campo livre. O exame será realizado em três situações: Somente IC, IC e AASI e somente AASI. A análise dos dados dos potenciais corticais foi realizada após a marcação da presença ou ausência dos componentes do complexo P1-N1-P2 por dois juízes com experiência em potenciais evocados. Resultados: Foi obtida a captação do PEAC em todas as crianças em todas as situações de teste, além do que foi possível observar a correlação destes com os testes de percepção auditiva da fala. Foi possível verificarque o registro dos PEAC é um procedimento viável para a avaliação da criança com estimulação bimodal, porém, ainda não há dados suficientes quanto a utilização deste para a avaliação e indicação do IC bilateral.
  • Imprenta:
    • Place of publication: Bauru
    • Date published: 2016
  • Data da defesa: 26.02.2016
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Amanda Giorgetto; ALVARENGA, Kátia de Freitas. Caracterização do potencial evocado auditivo cortical P1-N1-P2 em crianças com estimulação bimodal. 2016.Universidade de São Paulo, Bauru, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-28062016-084634/publico/AmandaGiorgettoRodrigues_Rev.pdf >.
    • APA

      Rodrigues, A. G., & Alvarenga, K. de F. (2016). Caracterização do potencial evocado auditivo cortical P1-N1-P2 em crianças com estimulação bimodal. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-28062016-084634/publico/AmandaGiorgettoRodrigues_Rev.pdf
    • NLM

      Rodrigues AG, Alvarenga K de F. Caracterização do potencial evocado auditivo cortical P1-N1-P2 em crianças com estimulação bimodal [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-28062016-084634/publico/AmandaGiorgettoRodrigues_Rev.pdf
    • Vancouver

      Rodrigues AG, Alvarenga K de F. Caracterização do potencial evocado auditivo cortical P1-N1-P2 em crianças com estimulação bimodal [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-28062016-084634/publico/AmandaGiorgettoRodrigues_Rev.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020