Exportar registro bibliográfico

Terapia ocupacional e a educação para a interprofissionalidade em residências multiprofissionais em saúde (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: MEDINA, ALINE GOMES - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MFT
  • Subjects: EDUCAÇÃO EM SAÚDE; INTERAÇÃO INTERPESSOAL; RESIDÊNCIA MÉDICA; TERAPIA OCUPACIONAL; EDUCAÇÃO PERMANENTE; EQUIPE DE ASSISTÊNCIA AO PACIENTE
  • Keywords: Education continuing; Health education; Internato e residência; Internship and residency; Interprofessional relations; Occupational therapy; Patient care team
  • Language: Português
  • Abstract: A formação em serviço realizada pelo programa de Residência Multiprofissional em Saúde (RMS) é uma estratégia educativa que visa a mudança do perfil dos profissionais da saúde para atuação no Sistema Único de Saúde (SUS). Dentre as profissões que compõem as residências, a terapia ocupacional foi eleita como foco deste estudo com o objetivo de conhecer e refletir sobre os desafios e tendências do processo de educação profissional e interprofissional na perspectiva de tutores, preceptores e residentes terapeutas ocupacionais. A metodologia eleita foi a abordagem qualitativa com realização de entrevistas e análise de conteúdo para a elaboração dos resultados e discussão. Foram realizadas 17 entrevistas em três programas de RMS de diferentes municípios do estado de São Paulo com cenários educativos realizados na atenção hospitalar e na atenção básica. Duas categorias empíricas foram identificadas nos resultados: (i) "Residência multiprofissional de saúde como dispositivo de mudança" dividida em duas subcategorias: "Trabalho em equipe" e "Trabalho na perspectiva do SUS" e (ii) "Singularidades na formação do terapeuta ocupacional em RMS" agrupada nas subcategorias: "Particularidades da inserção profissional do terapeuta ocupacional nos cenários educativos", "Produção de identidades e a fragmentação da atuação do terapeuta ocupacional nas RMS" e "Terapia ocupacional e as práticas colaborativas e interprofissionais no SUS". A pesquisa permitiu conhecer o potencial de mudanças dos programas de RMS em relação àformação dos residentes e à disseminação de práticas em saúde, colaborativas em equipe e sob a perspectiva do SUS. Os resultados apontaram a singularidade do processo formativo de terapeutas ocupacionais nas RMS que sofrem impactos pela insuficiente contratação de profissionais nos serviços, pelo desconhecimento do papel profissional do terapeuta ocupacional e pela fragmentação da atuação profissional nos cenários de prática; experiências que geram insegurança de residentes e profissionais quanto aos limites da atuação profissional e interprofissional no trabalho em equipe. O foco da terapia ocupacional nas atividades e cotidianos das pessoas no processo do cuidado em saúde e a mediação do cuidado de pessoas com deficiência e transtornos mentais foram identificados como contribuições da terapia ocupacional para as práticas colaborativas e interprofissionais no SUS. Conclui-se que o potencial de mudanças dos programas para a atuação dos residentes como futuros profissionais está diretamente relacionado com as estratégias pedagógicas desenvolvidas nos cenários educativos. A formação de terapeutas ocupacionais nas RMS depende das características dos cenários educativos, no que se refere a sua organização e interação interprofissional pré-existente, à suficiência do número de preceptores, à consolidação de fluxos assistenciais e ao (re)conhecimento da Terapia Ocupacional pelos demais profissionais dos serviços. Por fim, os participantes afirmaram a importância da RMS para a aprendizagem de saberese práticas - próprios da profissão, comuns aos profissionais de saúde e construídos em equipe de forma colaborativa - com o propósito da qualificação do cuidado em saúde
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.04.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MEDINA, Aline Gomes; GALHEIGO, Sandra Maria. Terapia ocupacional e a educação para a interprofissionalidade em residências multiprofissionais em saúde. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5170/tde-23062016-084223/ >.
    • APA

      Medina, A. G., & Galheigo, S. M. (2016). Terapia ocupacional e a educação para a interprofissionalidade em residências multiprofissionais em saúde. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5170/tde-23062016-084223/
    • NLM

      Medina AG, Galheigo SM. Terapia ocupacional e a educação para a interprofissionalidade em residências multiprofissionais em saúde [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5170/tde-23062016-084223/
    • Vancouver

      Medina AG, Galheigo SM. Terapia ocupacional e a educação para a interprofissionalidade em residências multiprofissionais em saúde [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5170/tde-23062016-084223/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021