Exportar registro bibliográfico

Análise de incertezas do modelo de teores associado aos investimentos de pesquisa de longo prazo (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: FERREIRA, TALITA CRISTINA DE OLIVEIRA - IGC
  • Unidade: IGC
  • Sigla do Departamento: GSA
  • Subjects: GEOESTATÍSTICA; RECURSOS MINERAIS
  • Keywords: Análise de incertezas; Conditional simulation; Simulação condicional; Uncertainty analysis
  • Language: Português
  • Abstract: Os empreendimentos de mineração comumente demandam grande quantidade de investimentos financeiros e, na maioria das vezes, longos períodos de implantação, o que os torna altamente sujeitos a diversas fontes de incertezas. Tais incertezas comumente tendem a diminuir conforme a evolução do projeto. O objetivo deste estudo é correlacionar as incertezas associadas ao modelo de teores de cobre do depósito Sequeirinho com o volume de investimentos realizados ao longo de distintas fases da pesquisa geológica. Este depósito insere-se no contexto do Complexo de Mineração Sossego, localizado no município de Canaã dos Carajás (PA). Primeiramente, foram realizadas 100 simulações para cada domínio litológico em cada campanha de sondagem (pré-1998, 1999, 2000, 2002 e 2003) a partir do método de simulação sequencial gaussiana condicionada aos dados amostrais, totalizando 1.400 possíveis cenários. Para a avaliação das incertezas foram calculados três índices: variância condicional, coeficiente de variação condicional e intervalo interquartil. Por fim, a avaliação dos investimentos foi elaborada a partir dos custos estimados para o desenvolvimento de sondagens e análises químicas. Desde a campanha pré-1998, houve uma tendência de os teores médios do depósito aproximarem-se dos prováveis valores reais observados nas fases finais da pesquisa. No ano de 2000 ocorreu o maior investimento (cerca de 28 milhões de Reais) e a redução das incertezas atingiu o patamar de 15%. Os investimentosdesenvolvidos em sondagens posteriores à campanha de 2000 foram da ordem de 9 milhões de Reais (cerca de 12 mil metros de sondagem), porém, não foram constatadas reduções significativas das incertezas. Este investimento seria melhor aproveitado caso fosse redirecionado a novas áreas de prospecção. Além do montante financeiro necessário para a redução das incertezas, foco deste estudo, as variações na interpretação geológica e a locação dos furos de sondagem são variáveis importantes na análise de incertezas associadas aos investimentos em pesquisa geológica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.03.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Talita Cristina de Oliveira; ROCHA, Marcelo Monteiro da. Análise de incertezas do modelo de teores associado aos investimentos de pesquisa de longo prazo. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44137/tde-17062016-095800/ >.
    • APA

      Ferreira, T. C. de O., & Rocha, M. M. da. (2016). Análise de incertezas do modelo de teores associado aos investimentos de pesquisa de longo prazo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44137/tde-17062016-095800/
    • NLM

      Ferreira TC de O, Rocha MM da. Análise de incertezas do modelo de teores associado aos investimentos de pesquisa de longo prazo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44137/tde-17062016-095800/
    • Vancouver

      Ferreira TC de O, Rocha MM da. Análise de incertezas do modelo de teores associado aos investimentos de pesquisa de longo prazo [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44137/tde-17062016-095800/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021