Exportar registro bibliográfico

Análise química e atividades biológicas de Guatteria elliptica R. E. Fries (Annonaceae) (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: FERREIRA, AGNIESZKA KATARZYNA RAJCA - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBF
  • Subjects: FARMACOGNOSIA; ALCALOIDES; BIOLOGIA; MAGNOLIALES
  • Language: Português
  • Abstract: foi encontrada para a fração clorofórmica dos galhos ('EC IND.50'=24,25±1,14 µg/mL) e a torta dos galhos ('EC IND.50'=26,23±4,20 µg/mL). No ensaio antimicrobiano pelo método turbidimétrico a atividade mais importante foi obtida contra Staphylococcus aureus (ATCC 6538) para os alcaloides totais dos galhos (CIM/CBM=0,12±0,01/0,26 mg/mL) e das folhas (CIM/CBM=0,21±0,01/0,28 mg/mL), e fração hexânica das folhas (CIM/CBM=0,24±0,02/>1 mg/mL). Uma alta atividade antitumoral foi observada frente a células humanas de mama (MCF-7) para Amostra 10 ('IC IND.50'=2,28±0,18 µg/mL), fração de acetato de etila das folhas ('IC IND.50'=4,47±0,40 µg/mL), óleo essencial ('IC IND.50'=7,01±0,23 µg/mL) e os alcaloides totais das folhas ('IC IND.50'=9,32±0,36 µg/mL). Para as células de próstata (PC-3), foi encontrada atividade para a Amostra 10 ('IC IND.50'=1,37±0,36 µg/mL) e o óleo essencial ('IC IND.50'=5,32±0,35 µg/mL). A futura aplicação dos extratos e frações de G. elliptica como um agente antitumoral parece ser segura, pois mantiveram uma viabilidade celular maior do que 90% no ensaio de citotoxicidade com culturas de fibroblasto murino (BALB/c 3T3, ATCC CCL-163) nas concentrações onde a atividade antitumoral foi promissora (<30 µg/mL) contra MCF-7 e/ou PC-3A espécie endêmica G. elliptica R. E. Fries não apresentava estudos fitoquímicos e biológicos detalhados na literatura. Assim, o objetivo desse trabalho foi avaliar a composição química e as propriedades biológicas dos óleos essenciais, extratos brutos, alcaloides totais, tortas, frações das tortas, amostras isoladas dessa espécie. O material vegetal foi coletado em Paranapiacaba (Santo André, SP, Brasil). O óleo essencial extraído das folhas por destilação à vapor apresentou um rendimento de 0,2%. A análise histológica das folhas encontrou óleo em células oleíferas localizadas no parênquima esponjoso. A composição do óleo (CG-EM) indicou espatulenol e óxido de cariofileno como compostos majoritários. Os alcaloides totais foram obtidos dos extratos brutos das folhas e dos galhos e analisados por CG-EM, identificando quatro aporfinas (nornuciferina, estefarina, corituberina e asimilobina) e duas protoberberinas (discretamina e caseadina). Os alcaloides totais foram fracionados em coluna cromatográfica ou por Extração em Fase Sólida e purificados por cromatografia em camada preparativa, originando duas amostras (Amostra 9 e 10). Na Amostra 9, foram identificados dois alcaloides aporfinicos nornuciferina e asimilobina (CG-EM e 'RMN POT.-1 H'). Na Amostra 10, foram identificados (LC-EM/EM) cinco alcaloides aporfínicos (desidronantenina, glaunidina, liriodenina, N-óxido de oliverina e telikovina) e um alcaloide protoberberínico (caseadina). Caseadina, glaunidina, N-óxido de oliverina e telikovina não foram previamente identificados em Guatteria. Os resíduos dos extratos brutos livres de alcaloides foram fracionados pelo método de partição com solventes de polaridade crescente. Os extratos brutos e as frações acetato de etila e butanólicas de folhas e galhos apresentaram flavonoides (NP-PEG). Nos ensaios biológicos, a melhor atividade antioxidante (sequestro do radical DPPH)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.04.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Agnieszka Katarzyna Rajca; MORENO, Paulo Roberto Hrihorowitsch. Análise química e atividades biológicas de Guatteria elliptica R. E. Fries (Annonaceae). 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-19052016-150855/ >.
    • APA

      Ferreira, A. K. R., & Moreno, P. R. H. (2016). Análise química e atividades biológicas de Guatteria elliptica R. E. Fries (Annonaceae). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-19052016-150855/
    • NLM

      Ferreira AKR, Moreno PRH. Análise química e atividades biológicas de Guatteria elliptica R. E. Fries (Annonaceae) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-19052016-150855/
    • Vancouver

      Ferreira AKR, Moreno PRH. Análise química e atividades biológicas de Guatteria elliptica R. E. Fries (Annonaceae) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9138/tde-19052016-150855/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021