Exportar registro bibliográfico

Avaliação da terapia fotodinâmica em cultivo celular tridimensional de melanoma humano (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: SEKIMOTO, LARISSA SATIKO ALCANTARA - IFSC
  • Unidade: IFSC
  • Sigla do Departamento: FCM
  • Subjects: TERAPIA FOTODINÂMICA; MELANOMA; CULTURA DE CÉLULAS
  • Keywords: Cultivo tridimensional; Human melanoma; Photodynamic therapy; Three-dimensional cell culture
  • Language: Português
  • Abstract: O melanoma representa 4% dos tipos de neoplasias cutâneas e causa 79% de morte por doenças de pele no mundo. Um dos grandes problemas relacionados ao tratamento de melanoma advém da sua resistência às terapias convencionais e, assim, a terapia fotodinâmica surgiu como uma alternativa terapêutica promissora, devido ao seu papel no tratamento de diversos tipos de câncer, além de outras doenças de pele. Ela é baseada no acúmulo seletivo de uma molécula fotoativa no tecido alvo, seguida da iluminação por uma fonte de luz, cujo comprimento de onda é específico para a excitação dessa molécula, ocasionando no dano celular. Neste estudo, foram realizados experimentos in vitro investigando a resposta fotodinâmica em melanoma humano, através de um modelo de tumor tridimensional por levitação magnética. Inicialmente, um protocolo de obtenção dos tumores de melanoma foi desenvolvido para avaliação da terapia em diferentes doses de luz e concentrações de fotossensibilizador. Em seguida, ensaios de cinética e quantificação intracelular com dois fotossensibilizadores, Photogem® e Photodithazine®, também foram feitos com o intuito de averiguar a sua distribuição, bem como tempo de internalização nos tumores. Tendo estabelecido que a incubação por 16 horas com Photodithazine® foi o parâmetro experimental mais adequado, a terapia fotodinâmica foi realizada, em sessão única, com irradiação em 660 nm em tumores de duas diferentes espessuras. Logo, testes de citotoxicidade foramutilizados para comparar os resultados de ambas as condições, onde se notou que o aumento na espessura atenuou o dano oxidativo decorrente da terapia. Além disso, foi observado que o acréscimo na dose de luz não acarretou em mudanças muito significativas na morte celular. No entanto, o maior dano celular, de aproximadamente 90% de morte, foi obtido com 100 μg/mL de Photodithazine® e iluminação com 60 J/cm², resultando na desagregação dos tumores, efeitos promissores da terapia no melanoma. Uma possível alternativa sugerida para aprimorar a eficiência fotodinâmica, seria a aplicação de mais sessões de terapia fotodinâmica, uma vez que os experimentos realizados nesse trabalho foram com uma sessão e, esse procedimento, poderia ocasionar em maior morte celular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.02.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SEKIMOTO, Larissa Satiko Alcantara; KURACHI, Cristina. Avaliação da terapia fotodinâmica em cultivo celular tridimensional de melanoma humano. 2016.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-02052016-104216/ >.
    • APA

      Sekimoto, L. S. A., & Kurachi, C. (2016). Avaliação da terapia fotodinâmica em cultivo celular tridimensional de melanoma humano. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-02052016-104216/
    • NLM

      Sekimoto LSA, Kurachi C. Avaliação da terapia fotodinâmica em cultivo celular tridimensional de melanoma humano [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-02052016-104216/
    • Vancouver

      Sekimoto LSA, Kurachi C. Avaliação da terapia fotodinâmica em cultivo celular tridimensional de melanoma humano [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-02052016-104216/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021