Exportar registro bibliográfico

Avaliação da relação entre os índices vasculares placentários e a exposição individual à poluição atmosférica no primeiro trimestre (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: HETTFLEISCH, KAREN - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MOG
  • Subjects: PLACENTA; ULTRASSONOGRAFIA DOPPLER DUPLA; CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA; POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA; OZÔNIO; NITROGÊNIO; GRAVIDEZ; DIAGNÓSTICO PRÉ-NATAL
  • Keywords: Air pollution; Dióxido de nitrogênio; Imagem tridimensional; Imaging threedimensional; Nitrogen dioxide; Ozone; Placenta; Placental circulation; Pregnancy trimester first; Primeiro trimestre da gravidez; Ultrasonography Doppler; Vascularização placentária
  • Language: Português
  • Abstract: OBJETIVO: Avaliar a influência dos efeitos da poluição atmosférica sobre o volume e a vascularização placentários no primeiro trimestre. MÉTODOS: O presente estudo é uma coorte prospectiva  realizada de outubro de 2011 a março de 2014, em São Paulo, Brasil. Os critérios de inclusão foram: feto único, idade gestacional entre 11 semanas e 13 semanas e 6 dias, ausência de doença materna, ausência de malformações e utilização correta do amostrador passivo individual de poluentes. Os critérios de exclusão foram: gestação gemelar, malformações e abortamento diagnosticados à ultrassonografia, mudança de endereço para fora da área de recrutamento, desistência da paciente, doença materna diagnosticada durante o acompanhamento. A exposição à poluição foi avaliada por 7 a 18 dias, antes da avaliação ultrassonográfica, utilizando-se amostrador passivo individual dos poluentes NO2 e de O3. Após uso do filtro, as gestantes eram avaliadas na Clínica Obstétrica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de São Paulo (FMUSP). Nesse local, elas foram submetidas à ultrassonografia morfológica entre 11 semanas e 13 semanas e 6 dias e à avaliação placentária pela técnica tridimensional associada ao power Doppler. Por meio desse exame foram avaliados quantitativamente o volume da placenta e seus índices vasculares placentários (com o software VOCAL), os quais compreendem: índice de vascularização (IV), índice de fluxo (IF) e índice de vascularização e fluxo (IVF). A influência dos níveis de poluentes na vascularização e volume placentários log-transformadafoi analisada utilizando modelos de regressão linear múltipla que controlavam a idade gestacional, índice de massa corpórea, tabagismo, localização da placenta e paridade. RESULTADOS: Foram avaliadas 229 gestantes no primeiro. O aumento dos níveis de NO2 no primeiro trimestre teve um efeito negativo significativo sobre o IV (p = 0,012 e beta = 0,160) e IVF (p = 0,015 e beta = -0,159). Não houve influência de NO2 e O3 no volume placentário ou IF. CONCLUSÃO: A exposição materna ao NO2 foi significativamente associada com diminuição do índice de vascularização e do índice de vascularização e fluxo no primeiro trimestre da gravidez, o que sugere que esse poluente e outros poluentes primários e secundários, os quais estão associados ao NO2, influenciam na placentação, reduzindo sua vascularização  
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.02.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HETTFLEISCH, Karen; ANDRADE, Lisandra Stein Bernardes Ciampi de. Avaliação da relação entre os índices vasculares placentários e a exposição individual à poluição atmosférica no primeiro trimestre. 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-02052016-142155/ >.
    • APA

      Hettfleisch, K., & Andrade, L. S. B. C. de. (2016). Avaliação da relação entre os índices vasculares placentários e a exposição individual à poluição atmosférica no primeiro trimestre. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-02052016-142155/
    • NLM

      Hettfleisch K, Andrade LSBC de. Avaliação da relação entre os índices vasculares placentários e a exposição individual à poluição atmosférica no primeiro trimestre [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-02052016-142155/
    • Vancouver

      Hettfleisch K, Andrade LSBC de. Avaliação da relação entre os índices vasculares placentários e a exposição individual à poluição atmosférica no primeiro trimestre [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-02052016-142155/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021