Exportar registro bibliográfico

Estudo da associação entre paracoccidioidomicose e os polimorfismos dos genes IL12B (posição 3' UTR+1188 A/C), IL12RB1 ( posição 11014 A/G no éxon 7) e IFNG ( posição + 874 T/A) (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: HOLANDA, FLáVIA MENDES DA CUNHA - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MIP
  • Subjects: PARACOCCIDIOIDOMICOSE; CITOCINAS; POLIMORFISMO; INTERFERONS; INTERLEUCINAS
  • Keywords: Citocinas; Cytokines; Interferon-gamma; Interleucina-12; Interleukin-12 receptor; Paracoccidioidomycosis; Polimorfismo de nucleotídeo único; Receptor de interleucina-12; Single nucleotide polymorphism
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução. A paracoccidioidomicose (PCM) é uma micose sistêmica crônica, endêmica na América Latina, principalmente Brasil, sendo a oitava causa de morte entre as doenças infecciosas crônicas recorrentes. A PCM infecção é caracterizada por uma resposta Th1, a forma aguda por um perfil misto da resposta Th2/Th9, enquanto na forma crônica caracteriza-se pelo perfil Th17/Th22. A ocorrência e gravidade da PCM humana podem também estar associadas a fatores genéticos como os polimorfismos dos genes de citocinas. Objetivos. 1. Descrever a frequência dos polimorfismos de (SNPs) IFNG +874 T/A, IL12B 3' UTR +1188 A/C e IL12RB1 11014 A/G no éxon 7 em pacientes e controles; 2. Investigar a associação entre esses polimorfismos e as diferentes formas clínicas da micose; 3. Verificar se há associação entre esses polimorfismos e a secreção das citocinas IFN-y, IL-12p40 e IL-12p70. Materiais e Métodos. 143 pacientes com PCM foram incluídos (40 com a forma aguda, 100 com a forma crônica multifocal e 17 unifocal). Critérios de inclusão: ter doença ativa (DA) comprovada por exame micológico ou histopatológico positivo ou presença de anticorpos anti-Paracoccidioides brasiliensis (>= 1/32 por contraimunoeletroforese) ou ter doença curada/tratada (CT) quando comprovada anteriormente pelos critérios de DA e atualmente com títulos de anticorpos estáveis e = 6 meses. Analisaram-se os SNPs IFNG pela técnica de PCR-ARMS ("Polymerase Chain Reaction - Amplification Refractory Mutational System"), IL12B e IL12RB1 por RFLP("PCR-Restriction Fragment Lenght Polymorphism"). Para a dosagem de citocinas foram utilizadas as técnicas de ELISA (n=29) e CBA ("Cytometric Bead Array"; n= 18), sendo considerados estatisticamente significantes, os valores de p < 0,05 para os testes de x2 e o teste de Kruskal-Wallis, com pós-teste de Dunn. Resultados. O genótipo AA do SNP IL12RB1 foi mais frequente na forma crônica multifocal e o genótipo AG, na forma unifocal masculina (p= 0,048). À análise desta forma clínica entre ambos os sexos, o genótipo AG foi também mais frequente no sexo masculino (p= 0,009). Segundo a etnia, foi demonstrada diferença estatisticamente significante nas frequências dos genótipos e alelos dos SNPs IFNG e IL12RB1 (p < 0,05). Em relação às formas clínicas da PCM, houve similaridade nas frequências dos genótipos e alelos dos SNPs estudados. Quanto aos níveis das citocinas, para os SNPs IFNG, IL12B e IL12RB1, maiores níveis de secreção de citocinas, frente a PHA, foram registrados nos grupos CT e CO em relação ao DA, sugerindo relação com a evolução da doença e com a imunossupressão já descrita na doença ativa. Conclusão. Não houve associação entre os SNPs IFNG, IL12B e IL12RB1 e as diferentes formas da doença quando todos os pacientes foram analisados; no sexo masculino, sugere-se que o genótipo AA esteja associado à doença crônica mais disseminada (IL12RB1). Houve diferença significante entre as etnias nos SNPs IFNG e IL12RB1, sugerindo-se a ampliação do número de pacientes em determinadas etnias e na forma clínica unifocalpara melhor compreensão dessas associações
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.02.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HOLANDA, Flávia Mendes da Cunha; YASUDA, Maria Aparecida Shikanai. Estudo da associação entre paracoccidioidomicose e os polimorfismos dos genes IL12B (posição 3' UTR+1188 A/C), IL12RB1 ( posição 11014 A/G no éxon 7) e IFNG ( posição + 874 T/A). 2016.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5134/tde-02052016-141504/ >.
    • APA

      Holanda, F. M. da C., & Yasuda, M. A. S. (2016). Estudo da associação entre paracoccidioidomicose e os polimorfismos dos genes IL12B (posição 3' UTR+1188 A/C), IL12RB1 ( posição 11014 A/G no éxon 7) e IFNG ( posição + 874 T/A). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5134/tde-02052016-141504/
    • NLM

      Holanda FM da C, Yasuda MAS. Estudo da associação entre paracoccidioidomicose e os polimorfismos dos genes IL12B (posição 3' UTR+1188 A/C), IL12RB1 ( posição 11014 A/G no éxon 7) e IFNG ( posição + 874 T/A) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5134/tde-02052016-141504/
    • Vancouver

      Holanda FM da C, Yasuda MAS. Estudo da associação entre paracoccidioidomicose e os polimorfismos dos genes IL12B (posição 3' UTR+1188 A/C), IL12RB1 ( posição 11014 A/G no éxon 7) e IFNG ( posição + 874 T/A) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5134/tde-02052016-141504/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021