Exportar registro bibliográfico

Caracterização da comunidade bacteriana associada ao trato intestinal de Spodoptera frugiperda provenientes de diferentes dietas (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: COSTA, POLIENE MARTINS - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: BACTÉRIAS; DIETA ANIMAL; ENZIMAS PROTEOLÍTICAS; EXPRESSÃO GÊNICA; INIBIDORES DE ENZIMAS; INTESTINO DE ANIMAL; LAGARTAS
  • Language: Português
  • Abstract: A importância da praga Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) deve-se não somente aos danos provocados às lavouras de milho, mas a capacidade de se alimentar de uma ampla variedade de famílias de plantas. Lagartas desta espécie são capazes de se adaptar a dietas contendo inibidores de peptidase de soja (IPS). Há uma hipótese de que a microbiota intestinal neste inseto poderia estar envolvida com estes mecanismos de adaptação. Neste contexto, um dos objetivos do trabalho foi verificar se estas bactérias poderiam alterar a expressão gênica de serino peptidases e atividade enzimática nestes lepidópteros em ensaios in vitro. Observouse que no tratamento com tetraciclina, não houve influência na alteração da expressão gênica e da atividade quantitativa das respectivas serino peptidases nas lagartas provenientes dos ambientes diferentes. Ao mesmo tempo, objetivou-se estudar se haveria uma contribuição das bactérias na atividade proteolítica intestinal de S. frugiperda ao longo do processo digestivo de insetos, analisando se influenciam no perfil qualitativo das serino peptidases intestinais destas lagartas em zimograma. As lagartas de campo que sofreram a primeira exposição à uma dieta com antibiótico aumentaram a atividade de duas peptidases provavelmente trípticas, também sintetizadas nos tratamentos com IPS e IPS com antibiótico provavelmente como provável resposta adaptativa. Para analisar o efeito do IPS e da tetraciclina em folhas ingeridas por lagartas criadas emlaboratório e coletadas em campo, além da influência da dieta natural (cartucho de milho) e da dieta artificial sobre a composição e diversidade da microbiota fecal de S. frugiperda, foi feito o sequenciamento das regiões V3-V4 do gene 16S rRNA de procariotos utilizando a plataforma de alto desempenho Illumina Miseq. Os valores médios de diversidade de UTOs do índice Shannon detectados nas fezes de S. frugiperda foram mais baixos nas amostras de dieta artificial e o segundo índice médio mais baixo foi calculado naquelas provenientes de cartucho de milho no campo, revelando que ambas as amostras apresentaram menor diversidade de espécies na composição da comunidade bacteriana. A abundância relativa em nível de filo bacteriano gerada para todos os conjuntos de amostras fecais demonstrou que os filos mais predominantes foram Proteobacteria (73,3%) e Firmicutes (24,2%), sendo ambos os filotipos mais abundantes nos grupos de insetos. Os quatro filotipos mais abundantes em nível de gênero corresponderam a Enterococcus (23,5%), Acinetobacter (20,5%), Stenotrophomonas (11,4%) e Klebsiella (10,4%). Verificamos que a dieta foi a principal variável que modulou a estrutura das comunidades bacterianas das fezes de S. frugiperda. Entretanto, não é possível afirmar se haveria uma contribuição das peptidases das bactérias simbiontes ao processo digestivo de insetos. Com estes novos dados taxonômicos, poderemos isolar as bactérias a partir das fezes destas lagartas e estudar a significânciafuncional destes simbiontes tais como, detoxificação de compostos tóxicos como inibidores de peptidases de plantas, papel digestivo e nutricional destas bactérias para as lagartas desta espécie
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.02.2016
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Poliene Martins; SILVA FILHO, Marcio de Castro. Caracterização da comunidade bacteriana associada ao trato intestinal de Spodoptera frugiperda provenientes de diferentes dietas. 2016.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-26042016-104030/ >.
    • APA

      Costa, P. M., & Silva Filho, M. de C. (2016). Caracterização da comunidade bacteriana associada ao trato intestinal de Spodoptera frugiperda provenientes de diferentes dietas. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-26042016-104030/
    • NLM

      Costa PM, Silva Filho M de C. Caracterização da comunidade bacteriana associada ao trato intestinal de Spodoptera frugiperda provenientes de diferentes dietas [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-26042016-104030/
    • Vancouver

      Costa PM, Silva Filho M de C. Caracterização da comunidade bacteriana associada ao trato intestinal de Spodoptera frugiperda provenientes de diferentes dietas [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-26042016-104030/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020