Exportar registro bibliográfico

Participação do sistema histaminérgico em estruturas límbicas sobre a memória de esquiva inibitória em camundongos (2015)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUZA, LUCAS CANTO DE - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: HISTAMINA; CÓRTEX PRÉ-FRONTAL; HIPOCAMPO
  • Keywords: Amídala; Amygdala; Córtex Pré-Frontal Medial; Dorsal Hippocampus; Emotional Memory; Esquiva Inibitória; Hipocampo Dorsal; histamine; inhibitory avoidance; medial prefrontal córtex; memória emocional; RT-PCR; RT-PCR
  • Language: Português
  • Abstract: Vários estudos utilizando modelos animais têm demonstrado que estruturas límbicas como amídala (AMD), hipocampo dorsal (HD) e córtex pré-frontal medial (CPFm) participam na consolidação da memória associada às emoções. Considerando que a síntese de novas proteínas é necessária para o processo de consolidação de memórias, e que a combinação entre o uso de inibidores de síntese proteica e diferentes intensidades de estímulo incondicionado têm gerado respostas comportamentais distintas com relação à consolidação da memória emocional, o presente trabalho se propôs a investigar a hipótese de a consolidação da memória aversiva na AMD, no HD e no CPFm, associada a síntese proteica, ocorre de maneira diferenciada nessas três estruturas, de acordo com a intensidade do estímulo aversivo, bem como se a expressão de genes envolvidos na transmissão histaminérgica seria modificada ao longo das fases da memória emocional aversiva. O objetivo do presente estudo foi avaliar o papel da síntese proteica na AMD, HD e CPFm no processo de consolidação de uma memória aversiva baseada em condicionamento aversivo moderado ou intenso; investigar a expressão de genes ligados a transmissão histaminérgica na AMD, HD e CPFm após o condicionamento aversivo intenso. Para este fim dois experimentos foram realizados: No experimento 1 a anisomicina (ANI) foi microinjetada bilateralmente na AMD ou HD ou CPFm de camundongos antes de serem submetidos a tarefa de esquiva inibitória do tipo step-down utilizandoduas intensidades de estímulo incondicionado: moderada ou intensa. No experimento 2, as variações da expressão dos genes da enzima HDC (histidina descarboxilase responsável pela síntese de histamina) e dos receptores H1, H2 e H3 foram analisadas em diferentes espaços temporais através da reação de polimerase em cadeia em tempo real. Os resultados do experimento 1 demonstram que microinjeção de ANI no CPFm prejudica a consolidação da memória de esquiva inibitória com estímulo incondicionado moderado ou intenso, porém quando administrada intra-AMD e intra-HD, a ANI só prejudica a consolidação da memória de esquiva inibitória com estímulo incondicionado intenso. No experimento 2 demonstra que durante a consolidação da memória aversiva intensa há diminuição nos níveis de expressão dos genes: HDC no HD, Hrh3 na AMD, Hrh1 e Hrh3 no CPFm. Já na fase de evocação, na AMD há aumento e diminuição na expressão dos genes HDC e Hrh3, respectivamente; no HD há aumento na expressão dos genes Hrh2 e Hrh3 e no CPFm há aumento na expressão do gene HDC e diminuição nos genes Hrh1 e Hrh3. Durante a reconsolidação há diminuição na expressão dos genes HDC e Hrh3 e aumento do gene Hrh1 na AMD. No DH há aumento com relação ao gene Hrh1, e no CPFm há aumento do gene HDC e diminuição na expressão dos genes Hrh1 e Hrh3. No presente estudo conclui-se que em situações com moderado grau de aversividade, a consolidação dessa experiência não dependerá de síntese proteica na AMD e no HD, mas sim noCPFml. No entanto, em situações com elevado grau de aversividade, a síntese proteica na AMD, HD e CPFm é essencial para a consolidação de tal experiência. Além disso, os genes HDC, Hrh1, Hrh2 e Hrh3 se expressam distintamente na AMD, HD e CPFm ao longo da escala temporal da consolidação, evocação e reconsolidação da formação de memórias de medo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.12.2015
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Lucas Canto de; MATTIOLI, Rosana. Participação do sistema histaminérgico em estruturas límbicas sobre a memória de esquiva inibitória em camundongos. 2015.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2015. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-01022016-092907/ >.
    • APA

      Souza, L. C. de, & Mattioli, R. (2015). Participação do sistema histaminérgico em estruturas límbicas sobre a memória de esquiva inibitória em camundongos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-01022016-092907/
    • NLM

      Souza LC de, Mattioli R. Participação do sistema histaminérgico em estruturas límbicas sobre a memória de esquiva inibitória em camundongos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-01022016-092907/
    • Vancouver

      Souza LC de, Mattioli R. Participação do sistema histaminérgico em estruturas límbicas sobre a memória de esquiva inibitória em camundongos [Internet]. 2015 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-01022016-092907/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021