Exportar registro bibliográfico

A criação de mercadorias a partir da biodiversidade: o caso do cambuci (Campomanesia phaea) (2016)

  • Authors:
  • USP affiliated author: FRANCO, LUIZ HENRIQUE SIMÕES - ECOLOGIA APLICA
  • School: ECOLOGIA APLICA
  • Sigla do Departamento: LCB
  • Subjects: BIODIVERSIDADE; FRUTAS TROPICAIS (PRODUÇÃO); MERCADORIA
  • Keywords: Crise ecológica
  • Language: Português
  • Abstract: A crise ecológica contemporânea gera pressões para a reorganização da sociedade. Com a eliminação contínua da biodiversidade uma das características para tal reorganização seria sua conservação. Parte das propostas visa incorporar tais elementos na economia, com a criação de mercados que sustentem a manutenção de tais espécies e com isso amenizem a crise ecológica. Essa dissertação realizou uma investigação sobre a criação de mercadorias baseadas na biodiversidade através do uso do cambuci (Campomanesia phaea). Partimos da perspectiva de totalidade histórica, onde compreendemos nosso objeto enquanto parte constituinte e relacionada com o todo. Assim, buscamos evidenciar a estrutura e a dinâmica da produção do fruto, e discutimos as tendências do desenvolvimento de produtos da biodiversidade para o mercado capitalista. Através do conceito de circuito espacial produtivo podemos identificar os agentes que monopolizam e acumulam o excedente de capital no circuito. Para compreender tal dinâmica procedemos a uma análise de quatro casos distintos dentro do território produtor de cambuci, sendo eles: os comerciantes da Vila de Paranapiacaba - Santo André (SP), a Cooper Cambucy da Serra - Rio Grande da Serra (SP), o Sítio do Belo - Paraibúna (SP) e a Casa Angelina - Natividade da Serra (SP). Com isso pudemos identificar a execução da renda de monopólio e as tendências na organização do território, por meio da monopolização do território e territorialização do monopólio. Asmercadorias baseadas na biodiversidade surgem geralmente de modo alternativo ao hegemônico, por processos artesanais executados por camponeses, pequenos agricultores, quilombolas e indígenas. Entretanto uma vez destacadas sua qualidades e características como mercadorias, empresários capitalistas tendem a se apropriar desse conhecimento, incorporando a biodiversidade em novos mercados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.02.2016
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRANCO, Luiz Henrique Simões; LEONIDIO, Adalmir. A criação de mercadorias a partir da biodiversidade: o caso do cambuci (Campomanesia phaea). 2016.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2016. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-19042016-100633/ >.
    • APA

      Franco, L. H. S., & Leonidio, A. (2016). A criação de mercadorias a partir da biodiversidade: o caso do cambuci (Campomanesia phaea). Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-19042016-100633/
    • NLM

      Franco LHS, Leonidio A. A criação de mercadorias a partir da biodiversidade: o caso do cambuci (Campomanesia phaea) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-19042016-100633/
    • Vancouver

      Franco LHS, Leonidio A. A criação de mercadorias a partir da biodiversidade: o caso do cambuci (Campomanesia phaea) [Internet]. 2016 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-19042016-100633/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022